Armado, deputado do RN chama Lula de “bandido cachaceiro” e o desafia a ir até sua casa; vídeo

Coronel Azevedo desafiou Lula a ir até sua casa

O deputado estadual Coronel Azevedo (PL) elevou o tom das críticas ao ex-presidente Lula, na manhã desta quinta-feira (7). Em entrevista ao Tribuna Livre, da Jovem Pan News Natal (93,5 FM), o parlamentar comentou declarações do ex-presidente. Azevedo definiu Lula como “bandido, cachaceiro, desordeiro” e, com arma em punho, o desafiou a ir até sua casa ou ao gabinete na Assembleia Legislativa.

A declaração de Lula ocorreu em evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT), na segunda-feira (4), quando o ex-presidente sugeriu que a militância sindical procure deputados e seus familiares na casa deles para pressionar a favor de propostas que interessam ao setor em um eventual governo petista, a partir de 2023.

“Se a gente mapeasse o endereço de cada deputado e fossem 50 pessoas na casa, não é para xingar não, é para conversar com ele, com a mulher dele, com o filho dele, incomodar a tranquilidade dele, surte muito mais efeito do que fazer a manifestação em Brasília”, disse o ex-presidente.

Para Coronel Azevedo, que é defensor da candidatura de Jair Bolsonaro, a declaração foi “mais um marco deplorável do ex-presidente”. Com uma arma em punho, Azevedo desafiou o ex-presidente.

“Lula, vá se tratar. E se for na minha casa, está aqui pra você. Estou aqui lhe esperando. Bandido cachaceiro e desordeiro, rapaz. Não é insuflando as pessoas que você vai ganhar os votos não. Vá abraçar o povo e deixe de fazer festa em ambiente fechado”, disse o deputado.

Veja vídeo:

Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.