Dia: 8 de junho de 2022

Trem descarrilha na zona Oeste de Natal e viagens na linha Sul são suspensas

Reprodução

O serviço de trens urbanos da Grande Natal foi parcialmente suspenso devido a um acidente envolvendo o VLT que atua na linha Sul, na zona Oeste de Natal. Na manhã desta quarta-feira (8), um vagão descarrilhou e a linha está suspensa para a manutenção. Até o momento, não há a confirmação sobre quanto tempo o serviço permanecerá inativo.

O caso ocorreu entre as estações da Cidade da Esperança e Promorar, na zona Oeste de Natal. O descarrilhamento assustou parte da população que trafega pelo local, mas ninguém se feriu. Peças do VLT se soltaram e o trem ficou fora dos trilhos.

Uma equipe da Companhia Brasileira de Trens Urbanos foi acionada para fazer o reparo, o chamado recarrilhamento do trem. Contudo, ainda não há a estimativa de tempo para conclusão do serviço. Até lá, a circulação de trans na linha Sul, independente do sentido, está suspensa.

Tribuna do Norte

URGENTE: São Paulo confirma 1º caso da varíola dos macacos no Brasil

iStock

Na tarde desta quarta-feira (08), o 1º caso de varíola dos macacos no Brasil foi confirmado na cidade de São Paulo (SP). O infectado é um homem de 41 anos que viajou à Espanha e está em isolamento no Hospital Emílio Ribas, na Zona Oeste da capital.

Além deste caso, a Prefeitura de São Paulo também monitora o estado de saúde de uma mulher de 26 anos hospitalizada com suspeita de ter contraído varíola dos macacos.

De acordo com o prefeito Ricardo Nunes (MDB), a paciente passa bem. Familiares e pessoas que residem próximo à mulher também são acompanhados pela gestão municipal.

Sobre o caso suspeito, a gestão municipal afirmou em nota publicada na terça-feira (07) que “no momento, o Centro de Vigilância Epidemiológico (CVE) estadual e a prefeitura de São Paulo investigam um paciente para descartar qualquer hipótese da doença”.

Já em nota divulgada na segunda (06), o Ministério da Saúde informou que sete casos estão em investigação. De acordo com a pasta, os estados de Santa Catarina, Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo têm um caso suspeito cada um, e há ainda dois casos em monitoramento em Rondônia.

Os pacientes “seguem isolados e em recuperação, sendo monitorados pelas equipes de vigilância em saúde. A investigação dos casos está em andamento e será feita coleta para análise laboratorial”.

Gazeta Brasil

Riachuelo: Escola Municipal Francisquinho Caetano comemora 48 anos de funcionamento e realiza a 18ª FAAPE

A Escola Francisquinho Caetano, do distrito de Cachoeira do Sapo, é uma das escolas municipais mais tradicionais do município de Riachuelo. Este ano, a unidade escolar completa 48 anos de funcionamento. Para celebrar este momento a equipe da gestão da escola está promovendo uma série de atividades, uma delas é a FAAPE, ação que envolve toda a comunidade escolar durante uma semana.

Na tarde desta quarta-feira (07), o Prefeito Joca Basílio e o secretário da Educação, Professor Rômulo Basílio participaram das atividades na escola.

Em seu discurso, o prefeito relembrou nomes importantes da comunidade que estudaram na escola e ressaltou a importância da unidade para o desenvolvimento do distrito. O prefeito ainda agradeceu ao empenho da equipe da escola e prometeu buscar recursos para melhorar a infraestrutura local.

O secretário Rômulo Basílio destacou a importância das atividade, destacando a integração que ela promove para o que a escola seja, além de um espaço de conhecimento, um espaço social para a comunidade.

A tarde do dia (07) teve grande participação da comunidade escolar, contou com a apresentação da história da escola; declamação de poesia dos poetas João Pedro e Lenilson Elias; a celebração dos parabéns; e a apresentação do grupo de teatro e dança Xodó, da cidade de Lajes.

A FAAP prossegue até sexta-feira (10), com uma atividade extensa, desde oficinas, palestras e apresentações culturais.

STTU adia novamente o prazo do edital de licitação do transporte público: “Até agosto”

Publicação do edital de licitação é adiado para agosto, segundo Daliana Bandeira. Foto: José Aldenir/Agora RN

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) adiou, mais uma vez, o prazo de lançamento do edital da licitação do transporte público. Daliana Bandeira, titular da pasta, informou em entrevista ao Band Cidade nesta terça-feira, 07, que o novo prazo para a licitação ser publicada é de dois meses, ou seja, até agosto.

A licitação do transporte público é fundamental para regulamentar o serviço de mobilidade urbana na cidade. “Estamos para licitar […] vamos zerar o jogo e começar um contrato novo, com novas obrigações, estamos com a licitação para ser colocada, estamos com a minuta do edital, já fizemos nossas considerações tecnicamente, fizemos nossa consulta à Procuradoria e esperamos que nos próximos dois meses, no máximo, coloquemos a publico […] até agosto é esperado, é um compromisso que a gestão assumiu” , disse a titular da STTU, Daliana Bandeira.

A ideia da STTU é reorganizar o sistema de forma a oferecer mais viagens em horários e locais que têm maior demanda. O plano aumenta o número de linhas no transporte público natalense de 55 para 90, sendo 18 delas estruturais, 28 de bairro, 24 regionais, 10 diretas e 10 ‘corujão’.

Inicialmente previsto para o fim do ano passado, o edital vem sendo adiado desde então e, caso seja colocado em prática, será a quarta tentativa de fazer a licitação do transporte público de Natal, que desde 2013 tenta, sem sucesso, realizar a ação. A nova licitação é apontada como essencial para resolver o sucateamento das frotas que circulam na cidade. Apesar disso, vem sendo arrastada há anos.

*Com informações do Agora RN

Câmara aprova PL que exige transparência em preços de combustíveis

Projeto segue para o Senado/ Foto: José Cruz

O plenário da Câmara aprovou hoje (7) um projeto de lei que determina às empresas do setor de combustíveis que enviem à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) os dados que compõem os preços dos produtos comercializados. O projeto segue para análise do Senado.

De acordo com o texto, o envio de informações abrangerá produtores de petróleo, gás naturalm biocombustíveis e de gás natural. A ANP, por sua vez, informará, mensalmente, pela internet, a composição dos preços médios ao consumidor nas capitais dos estados de cinco combustíveis: gasolina automotiva; óleo diesel; gás liquefeito de petróleo; querosene de aviação; e etanol hidratado.

Pela proposta, ANP terá de informar também, todo mês, a composição dos preços médios de venda de gás natural às distribuidoras de gás canalizado nas capitais de estados que possuam ponto de suprimento desse combustível.

O projeto prevê que as empresas informem os valores médios de 11 parcelas integrantes dos preços ao consumidor dos combustíveis, como o custo médio de produção do petróleo de origem nacional;  o custo médio de produção do gás natural de origem nacional; o preço de faturamento dos importadores; a margem bruta de distribuição de combustíveis; a margem bruta de revenda de combustíveis automotivos e os tributos pagos. As empresas que deixarem de informar esses valores estarão sujeitos a multas que variam de R$ 5 mil a R$ 1 milhão.

* Com informações da Agência Câmara de Notícias

Governo do RN afirma “serenidade” sobre apuração no Museu da Rampa e Casa da Ribeira

Museu da Rampa, em Natal. Foto: Brunno Martins

O Governo do Estado recebe com serenidade a informação divulgada por alguns veículos de comunicação locais sobre a recomendação expedida pela 60ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal para suspensão imediata da execução do Plano de Trabalho do Acordo de Cooperação celebrado com a entidade Espaço Cultural Casa da Ribeira, com vistas à implantação do Museu da Rampa e complexo cultural.

A Procuradoria Geral do Estado (pge) foi oficiada no final da manhã desta quarta-feira (8), designou dois procuradores para atuar no caso e, após a análise técnica, adotar as eventuais medidas pertinentes à solução da causa. Importante reiterar que o acordo de cooperação questionado não envolve transferência direta de recursos públicos, e que confia na probidade das condutas adotadas pelos secretários das pastas envolvidas.

Por fim, o Governo do Estado reconhece o papel constitucional do Ministério Público Estadual, bem como reafirma seu compromisso de atuar sempre observando os princípios norteadores da atividade administrativa, como a Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, de modo a preservar o patrimônio público, sem distinções, além da observância à racionalização das despesas públicas e da transparência de todos os atos praticados pela gestão.

MPRN investiga contratações para o Museu da Rampa e Casa da Ribeira

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) irá promover uma audiência pública sobre as contratações feitas pelas Secretarias de Estado do Turismo e da Educação e Cultura para implementar o Museu da Rampa. O MPRN apura a legalidade dessas contratações.

A audiência, marcada para acontecer na próxima terça-feira (14) e com início previsto para às 9h, será realizada de forma presencial no plenário da sede do MPRN, a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), em Candelária.

O objetivo do MPRN é colher informações, sugestões, críticas ou propostas que auxiliem a 60ª Promotoria de Justiça de Natal, com atribuição na defesa do patrimônio público, no inquérito civil instaurado para o controle de legalidade nessas operações feitas feitas pelo Estado.

Assim, o inquérito acompanha detalhadamente as contratações do Espaço Cultural Casa da Ribeira pela Secretaria de Estado do Turismo para a elaboração de projeto museológico e expográfico, assim como o enquadramento em leis de incentivo à cultura, nas esferas federal e estadual, do Museu da Rampa. E ainda: a celebração posterior de acordo de cooperação com a Casa da Ribeira para a implementação do Complexo Cultural da Rampa, feito pela mesma secretaria junto com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer.

*Com informações do Agora RN

Brasileiro: Fluminense e Atlético-MG se enfrentam no Maracanã

Foto: Pedro Souza

O Maracanã será palco de Fluminense e Atlético-MG, nesta quarta-feira (8) a partir das 21h30 (horário de Brasília). A partida é válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor Carioca vem de duas derrotas seguidas e, com 11 pontos, precisa se reabilitar para não correr o risco de entrar na zona de rebaixamento da competição. Já o Galo está no G4, com 16 pontos, e vem de empate sem gols com o Palmeiras dentro do Allianz Parque, em São Paulo.

O técnico da equipe das Laranjeiras, Fernando Diniz, tem alguns desfalques certos. O jovem atacante Matheus Martins foi liberado para a seleção brasileira sub-20 e não joga. Outra ausência é o meio-campista Nonato, expulso mesmo estando no banco durante a derrota de 1 a 0 para o Juventude em Caxias do Sul. Quem não deve atuar é Nathan, jogador que pertence ao Atlético-MG e que está por empréstimo no Flu (que não parece disposto a pagar a multa contratual para tê-lo em campo contra o Galo).

Um possível reforço é Jhon Arias. O meia-atacante retornou na última terça-feira (7) ao Rio, após defender a seleção colombiana em partida amistosa, e treinou normalmente. Outra boa notícia no time das Laranjeiras é a volta do zagueiro David Braz, que cumpriu suspensão.

No Atlético-MG, o goleiro Éverson destaca a importância deste momento da temporada: “Foi nesse mês de junho, no ano passado, que arrancamos para as conquistas do Brasileiro e da Copa do Brasil”.

Garibaldi Alves Filho está com Covid-19 e tem agenda suspensa

Garibaldi. Foto: José Aldenir

O ex-governador, ex-senador e pré-candidato a deputado federal Garibaldi Filho (MDB) testou positivo para a Covid-19. A confirmação do diagnóstico foi realizada por meio de sua assessoria de Imprensa, que além dele, sua esposa, Denise Pereira Alves, também foi infectada com a doença. Já o filho de Garibaldi, o deputado federal e pré-candidato a vice-governador, Walter Alves (MDB), não foi infectado.

O deputado federal e líder do PP potiguar, Beto Rosado, também anunciou por meio de suas redes sociais que, “infelizmente venho informar que testei positivo para a Covid-19. Estou apresentando sintomas leves, repousando e respeitando o isolamento. Por este motivo, precisarei remarcar alguns compromissos. Vamos todos continuar nos protegendo”, escreveu.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou virtualmente de um evento para promover candidatos negros nas eleições. Ele está cumprindo isolamento domiciliar após ter sido diagnosticado com Covid-19 no último domingo 5, onde teve o discurso transmitido ao vivo em um telão na Ocupação Nove de Julho, na região central de São Paulo.

Segundo apurou o G1 São Paulo, tosse interrompeu a fala do ex-presidente em algumas ocasiões. O petista disse que, por estar com Covid-19, está “tirando uns dias” para se cuidar.
Em nota divulgada pela assessoria de Comunicação do ex-presidente Lula chegou a informar que a participação dele nas agendas do início destasemana seria cancelada, mas o líder petistarealizou o discurso de casa.

No mesmo comunicado, a assessoria informou ainda que tanto o ex-presidente quanto Janja, sua esposa, que também está com Covid, “estão bem, o ex-presidente assintomático e Janja com sintomas leves” e que eles “ficarão em isolamento e acompanhamento médico nos próximos dias”, pontuou.

Assembleia discute acesso da população a armas de fogo no RN

Assembleia discute acesso da população a armas de fogo no RN – Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte discutiu, na tarde desta terça-feira (7), o acesso da população às armas de fogo. Em debate promovido pelo deputado Coronel Azevedo (PL), os participantes trataram sobre as limitações para aquisição e porte de armas, além de defenderem a importância de que as pessoas tenham o direito de adquirir e portar os itens para, no entendimento dos presentes, garantir a segurança de suas famílias e propriedades.

Abrindo a audiência, o deputado Coronel Azevedo falou sobre a importância dos clubes de tiro para a sociedade e relembrou uma frase do ex-presidente Lula que atacou os clubes. Para Azevedo, o maior genocídio do Brasil foi o estatuto do desarmamento, que, para ele, “permitiu que os bandidos estivessem livres para matar, roubar e estuprar”.

“Algumas polêmicas foram trazidas por razões políticas. O ex-presidente se dirigiu aos atiradores dizendo que iria fechar os clubes de tiro e abrir bibliotecas. Você deveria era sugerir fechar as bocas de fumo e no lugar abrir bibliotecas”, disse Azevedo.

Na discussão, o foco inicial foi a exposição do trabalho do Movimento Proarmas, uma iniciativa que visa produzir conteúdo sobre as questões políticas, filosóficas, jurídicas e técnicas sobre armas de fogo e o acesso civil às armas de fogo. O representante do movimento no Rio Grande do Norte, Pedro Gomes Neto Segundo, explicou o surgimento do grupo e também sobre a necessidade de difundir o conhecimento sobre as leis em curso, organizando ações em prol da busca da restauração do que definem como “direitos fundamentais tais como viver e permanecer vivo por meio do acesso a legítima defesa”. Para ele, o Proarmas não luta somente pelo armamento civil.

“As ações atuam de forma benéfica para as forças de segurança. Muitos instrutores civis dão cursos a agentes de segurança. Foram criadas narrativas e se chegou ao absurdo de se falar que cada 1% a mais de armas teria 2% a mais de crimes, o que é uma falácia. Tivemos aumento de 250% (no registro de armas) a partir de 2018 e taxa de homicídios caiu 20% no mesmo período”, analisou o coordenador do Proarmas no estado.

Mais do que a importância de se permitir a compra e posse das armas, parte dos presentes defendeu também o direito de que a população possa portar a arma. Representantes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar falaram sobre as abordagens e explicaram que a orientação aos profissionais é de garantir os direitos vigentes às pessoas que praticam o tiro esportivo.

“Nós não temos os CACs (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) como inimigos. Entendemos que o tiro como desporto é extremamente louvável. Atinge objetivos, aprimoramento técnico do atirador. Há também o congraçamento e, além disso, as competições que movimentam todo cenário do tiro no Rio Grande do Norte. Quando falo dos atiradores, me refiro também aos caçadores e colecionadores”, disse o coronel da PM Eduardo Franco. “Arma legal não é um problema para a segurança pública. Tenham em nós parceiros e, sempre que possível, nos convidem pra queimar uma pólvora”, disse o representante da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Paulo Roberto.

Um ponto levantado pelos atiradores foi também a necessidade de que as pessoas possam se defender. O representante de clubes de tiro do estado na audiência, Hugo Rafael Holanda, relatou que a mudança na legislação atual permitiu que ele se deslocasse entre Pau dos Ferros, a sua cidade, até Natal, com sua arma carregada. “Antes, eu não poderia me defender. Trafegava com as minhas armas desmuniciadas, separadas e era um risco. Hoje, percorri os quase 500km com minha arma carregada”, explicou Hugo Rafael.

Também na audiência, o atirador Arão Alexandre questionou sobre as limitações para a defesa da população. “Temos que ter nosso esporte e também a nossa situação de defesa. O estado não pode estar em todas as esquinas, mas os bandidos podem. É uma questão de segurança. Queremos paz, mas é necessário a arma mesmo para quem não goste porque armas são elas que salvam”, disse.

Ao fim da audiência, o deputado Coronel Azevedo disse que prosseguiria na defesa de projetos que tratam sobre garantia de direitos a profissionais de segurança, tanto para comprar armas com menos impostos, tanto quanto para garantir porte a vigilantes que atuam no estado.

Pesquisa eleitoral Genial/Quaest: Lula tem 46% e Bolsonaro 30%

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o atual presidente Jair Bolsonaro (PL)
/Foto: EVARISTO SA / AFP

Pesquisa da Quaest Consultoria contratada pela Genial Investimentos e divulgada nesta quarta-feira (8/6) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto para a Presidência. No cenário testado com mais pré-candidatos, o petista aparece com 46% na pesquisa estimulada —quando o entrevistado recebe uma lista prévia com os nomes dos presidenciáveis.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em segundo lugar, com 30%, Ciro Gomes (PDT) é o terceiro, com 7%. André Janones (Avante) soma 2%, enquanto Simone Tebet (MDB) e Pablo Marçal (Pros) têm 1% cada. Todos esses pré-candidatos empatam na margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Os demais não pontuaram.

Considerando apenas votos válidos — quando são descartados indecisos, brancos e nulos — Lula aparece com 52,87% das intenções de voto e seria, neste cenário, eleito em primeiro turno.

O levantamento ouviu 2.000 pessoas de 27 estados, face a face, entre os dias 2 e 5 de junho. O índice de confiança, segundo o instituto, é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03552/2022 e teve o custo de R$ 268.742,48.

*Com informações do Correio Braziliense