Assembleia na terça (19) vai avaliar movimento grevista dos educadores de Natal

Professores decidem manter greve (Foto: Sinte-RN)

Convocada pelo SINTE/RN para terça-feira, 19 de abril, a Assembleia de greve da Rede Municipal do Natal vai avaliar o movimento iniciado no final de março. O encontro da categoria começa às 14h, no auditório do Sindicato.

Anteriormente agendada para segunda (18), foi remarcada em virtude da reunião com os vereadores da capital.

Em greve desde o mês passado, tendo o início no dia 28, os educadores reivindicam o reajuste do Piso Salarial 2022. Os problemas estruturais das escolas e a falta de realização de concurso público também foram motivos que levaram à paralisação dos educadores.

“Omisso, o chefe do Executivo municipal se nega a negociar o Piso Salarial 2022 após tentar durante os últimos dois anos dar um calote e não implementar a correção de 2020”, disse, em nota, o Sinte-RN, se referindo também à atualização salarial de 12,84% no ano de 2020, cuja totalidade foi vetada pelo prefeito, mas garantida posteriormente pela Câmara Municipal de Natal que, há algumas semanas, derrubou o veto parcial.

“A falta de estrutura física e sanitária para trabalhar nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), sobretudo após o início da pandemia da covid-19, é outra razão para a deflagração do movimento grevista. Uma outra motivação é a luta em prol da realização de concurso público na Rede Municipal”, acrescentou o Sinte-RN.

Novo Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.