Dia: 11 de maio de 2022

Eraldo Paiva toma posse no cargo de prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN

FOTO: REPRODUÇÃO

Primeiro ato do novo chefe do Executivo Municipal foi decretar luto oficial de oito dias pela morte do prefeito Paulo Emídio (Paulinho)

A Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante realizou, na noite desta terça-feira (10), sessão solene especial para a posse de Erado Daniel de Paiva, do Partido dos Trabalhadores (PT), novo chefe do Poder Executivo do Município, que assume definitivamente em função da vacância do cargo provocada pela morte do prefeito Paulo Emídio de Medeiros (Paulinho).

Em uma solenidade marcada pela emoção, o ato de posse foi declarado pela presidente do Poder Legislativo Valda Siqueira, que pregou a união de todos, em benefício de São Gonçalo. “Nenhum dos poderes funciona independentemente. O Executivo executa e o Legislativo faz as leis para que isso aconteça. Estamos todos aqui, prefeito, vereadores e vereadoras e, principalmente, o povo que vai nos dar esse sustento para que o trabalho continue, para que possamos fazer cada vez melhor pela nossa cidade”, enfatizou Valda.

A cerimônia ainda contou com o tradicional juramento e a colocação da faixa oficial. Já empossado, em seu primeiro ato, Eraldo Paiva assinou documento decretando luto oficial pelo período de oito dias em respeito à memória do prefeito Paulinho. No discurso de posse, deixou claro que a solenidade era uma formalidade e não um ato festivo. Lamentou mais uma vez a morte prematura do seu companheiro de chapa em duas eleições. “Paulo Emídio de Medeiros, nosso querido Paulinho, foi e é uma referência para São Gonçalo, e por que não dizer para Rio Grande do Norte? Seu legado nunca será esquecido.” Ele ainda ressaltou a presença da esposa e primeira-dama Heide Bezerra, de seu filho mais velho Pedro Magno e compartilhou os cuidados que vão precisar ter com o filho mais novo Théo, a partir deste novo desafio assumido.

Eraldo também fez um relato da trajetória, citou nominalmente cada vereador e vereadora e foi contundente ao afirmar a continuidade das obras e ações da gestão em andamento, bem como a disposição para trabalhar pelo município de São Gonçalo do Amarante. “O momento exige que todos sejamos fortes. Somos desafiados a enfrentar essa situação difícil para darmos continuidade a uma gestão de sucesso, bem avaliada pela maioria da nossa população. Na condição de vice-prefeito eleito, ao lado de Paulinho, não posso me ausentar desta realidade e responsabilidade que se impõe. Nestas circunstâncias políticas, eu peço a Deus sabedoria e discernimento para conduzir, da melhor forma possível, juntamente com a Câmara de Vereadores, nossos auxiliares diretos e indiretos, nossos servidores públicos e toda a classe política o destino do nosso amado São Gonçalo do Amarante”, declarou.

Estiveram presentes Iris Oliveira, secretária estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social, representando a governadora Fátima Bezerra, o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, o padre Antônio Murilo de Paiva, irmão de Eraldo e capelão do Monumento do Mártires de Uruaçu, os vereadores Flavio Henrique e Márcia Soares, integrantes da mesa diretora, todos os demais parlamentares, secretários municipais, servidores públicos, membros da imprensa de São Gonçalo e da mídia estadual, lideranças do município e a população.

BIOGRAFIA DE ERALDO PAIVA

Eraldo Daniel de Paiva, tem 45 anos, é natural de São Gonçalo do Amarante, casado com Heide Bezerra, e tem dois filhos (Pedro e Théo). De pais agricultores, Teodósio Henrique de Paiva e Maria Ester de Paiva, é o filho mais novo da família de 10 irmãos.

Sua trajetória política teve início aos 14 anos, na década de 90, em movimentos populares da Igreja Católica, como a Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP), e nos grupos de teatro locais. Também foi agente de saúde da Prefeitura Municipal.

Foi vereador de São Gonçalo do Amarante de 2009 a 2016, período em que também foi presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) no RN.

Desde 2017 é vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, dois mandatos consecutivos. Nesta terça-feira (10), foi empossado prefeito municipal por ocasião da morte do prefeito Paulo Emídio de Medeiros.

PDT oficializa apoio à reeleição de Fátima

Carlos Eduardo e Fátima Bezerra selam aliança

O ex-prefeito de Natal e presidente do PDT-RN, Carlos Eduardo Alves, oficializou o apoio do partido à reeleição da governadora Fátima Bezerra. Os dois se reuniram ontem com o presidente do PT-RN, Júnior Souto, que recebeu a carta-compromisso. O documento também reitera a apresentação do nome de Carlos Eduardo para o Senado na chapa.

A união das forças progressistas para as eleições de 2022 foi o tema central na reunião. A governadora destacou a importância da frente ampla no plano local e nacional, que esteja comprometida com o objetivo primordial de tirar o Brasil desse caos político, institucional, econômico e social, derrotando Bolsonaro e o bolsonarismo.

Em documento semelhante, o MDB-RN também já oficiou o PT-RN sobre o compromisso de apoiar a reeleição da governadora, e apresentou o nome do deputado federal Walter Alves para a vaga de vice na chapa.

Carlos Eduardo diz que não considera Rafael Motta adversário: “Espero obter apoio dele e do PSB”

Elpídio Junior/CMN

Em entrevista ao jornal Agora RN, o ex-prefeito de Natal e pré-candidato ao Senado Carlos Eduardo Alves (PDT) falou abertamente sobre a aspiração do deputado federal Rafael Motta (PSB) de ser candidato a senador e ter o apoio do PT.

Ele também rebateu as críticas que vem recebendo por parte dos seus adversários políticos Rogério Marinho (PL) e Robério Paulino (PSOL). Sobre Rogério, ele destacou os escândalos relacionados ao nome do ex-ministro bolsonarista. Já sobre Robério Paulino, o ex-prefeito de Natal o classificou como um “péssimo” analista político e aconselhou que o précandidato do PSOL fosse cuidar das suas bandeiras políticas.

Carlos Eduardo Alves reconheceu que são legítimos a pretensão e o interesse do deputado federal Rafael Motta de buscar a viabilização de uma pré-candidatura ao Senado nas eleições de outubro, porém, reforça que os partidos que fazem parte da aliança encabeçada pelo PT no Estado já declararam apoio a sua pré-candidatura a senador apoiado pela governadora Fátima Bezerra (PT). O pedetista afirma que está aberto ao diálogo e espera que em breve possa ter o apoio do PSB no Rio Grande do Norte.

“É legítima a aspiração de Rafael Motta, mas espero que ele não divida a oposição, pois isso só irá favorecer o candidato adversário. Eu não tenho Rafael como adversário político. Tenho ele e o PSB como aliados políticos, embora seja o único partido da nossa aliança que ainda não declarou apoio à nossa candidatura, mas espero que até as convenções isso aconteça”, afirmou Carlos Eduardo.

O pré-candidato ao Senado complementou: “O Partido dos Trabalhadores já se pronunciou. Já estive com o PCdoB e PV, que também já se pronunciaram. Já estive com o MDB. Todos se pronunciaram em defesa da minha candidatura. Todos os partidos da coligação que votam em Fátima Bezerra para se reeleger governadora do Rio Grande do Norte já declaram apoio à nossa aliança, em que eu serei o candidato ao Senado Federal ao lado de Fátima”, explicou.

O ex-prefeito de Natal e líder potiguar do PDT enfatizou que sempre esteve aberto ao diálogo e que não existe nenhuma dificuldade de conversar com Rafael Motta. “Inclusive, já o visitei na própria residência dele. Já conversamos bastante pouco tempo atrás. Tenho as melhores relações possíveis com o PSB e com Rafael. Acredito que é legítimo da parte dele querer ser senador, mas todos os partidos da nossa aliança já declararam apoio a nossa candidatura e espero que, mais adiante, (possamos) obter também o apoio de dele e do PSB”, desejou.

Agora RN

Licenciamento de veículos com placas finais 7 e 8 vence na terça (10) e quarta (11) no RN

Calendário do licenciamento termina em junho, com terminações de placas de 9 e 0 — Foto: Norton Rafael/

Proprietários de veículos com placas finais 7 e 8 tem até até esta terça (10) e quarta-feira (11), respectivamente, para quitar a taxa anual de licenciamento no Rio Grande do Norte.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran), há 293.926 automóveis com placas com essas terminações no Rio Grande do Norte.

A taxa de licenciamento veicular no RN é de R$ 90, independente do ano ou modelo do automóvel.
O Licenciamento é uma das taxas de pagamento obrigatórias para que o proprietário possa ter acesso ao Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) do ano vigente. Esse documento é exigido para qualquer motorista que dirige veículo automotor.

De acordo como o Detran, a frota atual de veículo em todo o estado é de 1.451.974 automóveis – 20,25% deles tem placas com finais 7 e 8.

Somente em Natal, são 88.249 mil veículos na condição de quitar a taxa de licenciamento nesta semana.

O calendário de pagamento da taxa licenciamento tem seu término programado para o mês de junho, no caso dos carros com placas finais 9 e 0.

Como pagar?
É possível emitir o boleto no site do Detran-RN. Veja o passo a passo. Com a página aberta, o cidadão clica no ícone

“Veículos – boletos, infrações, débitos””
Em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do veículo a ser consultado.

Assim, se tem o acesso ao ambiente online onde fica disponível os boletos referentes a taxa de licenciamento, IPVA, DPVAT, Taxa dos Bombeiros, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado.

Segundo o Detran, é possível pagar as taxas no banco que preferir. Para isso, é só clicar no imposto que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

Os pagamentos das taxas também podem ser feitos nas agências PágFácil, bastando informar a placa do veículo.

*Com informações do G1 RN

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro cresce 4 pontos, mas Lula lidera com 40%

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL)/ Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula e Clauber Cleber Caetano/PR

Nova pesquisa do Instituto MDA Pesquisa, encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira (10/5), mostra que, para o voto espontâneo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua à frente (33,4%) contra Bolsonaro (27,3%). Os candidatos polarizados são seguidos por Ciro Gomes (3,8%), João Doria (0,9%), André Janones (0,5%), Outros (1,2%), Branco/nulo (5,8%) e Indeciso (27,1%).

Já no voto estimulado, o petista aparece com 40,6% das intenções de voto enquanto Bolsonaro fica com 32%. Ambos são seguidos por Ciro Gomes (7,1%), João Doria (3,1%), André Janones (2,5%), Simone Tebet (2,3%), Felipe D’Avila (0,3%), Branco/nulo (5,1%) e Indeciso (7,0%).

Segundo turno
A pesquisa também avaliou o segundo turno e, entre os cenários analisados, está a possível disputa entre Lula e Bolsonaro. Segundo a amostragem, 50,8% votariam em Lula e 36,8%, em Jair Bolsonaro; 9,2% votariam em branco ou nulo.

A pesquisa CNT
A pesquisa foi realizada entre 4 e 7 de maio de 2022 e foram entrevistados 2002 eleitores. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O nível de confiança chega a 95,6%.

*Com informações do Correio Braziliense

“Não me vejo como terceira via, sou a via do povo do RN”, diz Rafael Motta

Deputado federal Rafael Motta. Foto: Reprodução

“Não me vejo como terceira via, sou a via do povo do Rio Grande do Norte. Quem quiser ser candidato, é importante, pois enriquece o debate, mas tem que ser candidato apoiando o que o potiguar quer, de representação no Senado Federal”. A afirmação foi feita pelo pré-candidato ao Senado e presidente potiguar do PSB, deputado federal Rafael Motta, nesta terça-feira 10. Ele falou sobre seus adversários no processo eleitoral e que seu foco é derrotar o bolsonarismo no Estado.

“Eu sou um político muito consciente e cuidadoso, de não dar um passo maior que a perna e de não chegar invadindo o espaço de ninguém, para me empurrar goela abaixo. Esse assunto (da sua pré-candidatura) vem sendo discutida desde o ano passado, inclusive na presença do ex-presidente Lula, quando eu disse claramente que, se fosse necessário e nosso nome tivesse uma viabilidade maior que a de outro para derrotar o bolsonarismo, eu estaria à disposição”, explicou o parlamentar.

E disse que não acredita que sua candidatura vá dividir os votos dos eleitores de Fátima Bezerra entre ele e Carlos Eduardo e, com isso, beneficiar Rogério Marinho. Para ele, esse pensamento é de uma “minoria administrativa, poucas pessoas que participam da administração e defendem o nome do pedetista, mas o que ele sente, ao conviver com a população nos municípios do interior é justamente o contrário, que as pessoas não querem Carlos ou Rogério”.

Segundo o pré-candidato, “As pessoas dizem isso, que o PT tem que defender quem defende as pessoas. Não estou criando dificuldade alguma para a governadora, o que eu não posso fazer é permitir a possibilidade de alguém que defenda Bolsonaro ganhar esse espaço. O que eu tenho ouvido é que a população quer um representante que tenha coerência em suas ações”, disse.

Rafael afirmou que seu voto à Fátima Bezerra é irrevogável e o tempo de televisão será direcionado ao PT. “O PSB vai acompanhar a governadora, o presidente Lula, estamos formando chapa com Geraldo Alckmin e não há, no Rio Grande do Norte, quem tire o voto de Rafael Motta e do PSB à Fátima. E o tempo de TV será dado ao PT e à Fátima Bezerra, sem prejuízos à campanha eleitoral desta”.

“O que prejudica o trabalho dela é esse tipo de associação que está acontecendo. Se formos analisar os números da própria intenção de voto, desde o ano passado até agora, existe uma pequena variação de aumento de intenção, o que tem mudado é a rejeição, que tem aumentado principalmente depois dessa possibilidade de composição com o ex-prefeito Carlos Eduardo. Então, qual a razão do aumento dessa rejeição? Talvez seja o não apoio a esse tipo de composição. Temos que analisar o passado e o histórico de cada um. Três anos e meio é muito recente e o RN está acostumado a não aceitar esse tipo de composição”, desabafou.

*Com informações do Agora RN

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio estimado em R$ 27 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília/ Foto: Reprodução Marcello Casal Jr

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (11) um prêmio estimado em R$ 27 milhões. As seis dezenas do concurso 2.480 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo.

O sorteio terá transmissão ao vivo pelas redes sociais das Loterias Caixa no Facebook e no YouTube. Por se tratar de um concurso com final zero, o prêmio recebeu um adicional das arrecadações dos cinco concursos anteriores, conforme regra da modalidade.

Caso apenas um apostador ganhe o prêmio da faixa principal e aplique todo o valor na poupança, receberá R$ 157,2 mil de rendimento no primeiro mês.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

População de rua no RN soma cerca de 2 mil pessoas, diz censo da Sethas

Pesquisa de campo com população de rua foi iniciada em dezembro do ano passado e mapeou 41 municípios do Estado/ Foto: Magnus Nascimento

O censo da população em situação de rua do Rio Grande do Norte deve ser divulgado no final do mês de julho pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Estado de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). Antes disso, um relatório parcial dos achados será publicado no final de maio. O trabalho de campo foi iniciado em dezembro de 2021, onde dados de 41 municípios foram mapeados.

Segundo a Secretaria, o número total gira em torno de 2.000 pessoas em situação de rua no RN, majoritariamente homens, pretos ou pardos, e com problemas familiares.

Segundo Edivania Lima, coordenadora da Assessoria Técnica na Sethas, inicialmente foi feita uma seleção de pesquisadores-bolsistas para atuar no Projeto de Pesquisa e Inovação “Promoção dos direitos da população em situação de rua no Rio Grande do Norte: diagnóstico e intervenção nos caminhos de inovação no Sistema Único de Assistência Social”. As pesquisas de campo começaram em dezembro de 2021, com capacitação do pessoal envolvido.

“Começamos a trabalhar a partir de dados da base do Cadastro Único, que tinha mapeado 1.120 pessoas em situação de rua no RN. Hoje sabemos que esse número é maior, em torno de 2.000. Ao aplicar nosso questionário, acabamos encontrando diversas lacunas e divergências. No levantamento, dos 167 municípios potiguares, a presença de pessoas em situação de rua foi registrada em 41, com maior incidência em Natal e na região do Trairi”, comenta a coordenadora.

Os achados da pesquisa serão divulgados por meio de relatórios parcial e final, mas a Secretaria já pôde divulgar algumas informações acerca do perfil desse público. O questionário tem cerca de 78 questões que buscam entender a realidade de cada indivíduo. Edivania apontou que são predominantemente homens, pretos ou pardos, na faixa etária de 18 a 59 anos e com baixa escolaridade. “Um ponto muito forte que temos identificado diz respeito ao motivo pelo qual aquelas pessoas estão na rua. Em primeiro lugar, temos situações de conflito e fragilidade de vínculos familiares, depois separação, morte dos pais e uso abusivo de drogas”.

Na avaliação da coordenadora, os resultados serão importantes para pensar e formular políticas públicas efetivas para essa população que tem aumentado no contexto da pandemia. “São muitas demandas e situações, quando fecharmos o diagnostico vamos poder buscar essa atuação intersetorial para construir políticas mais efetivas. No contato com os entrevistados, eles relataram falta de emprego, oportunidade e acesso aos serviços básicos que acabam intensificando o quadro de permanência na rua”, aponta.

Em muitos casos observados, as pessoas não tinham documentação pessoal como CPF, RG e Carteira de Trabalho, o que dificulta a inserção em programas de assistência social. Também foi registrado um aumento no número de idosos, maior relato de problemas mentais entre o público, bem como pessoas com deficiência em situação de rua sem acesso à benefícios. Ao final do trabalho, a Sethas realizará capacitações e oficinas com os municípios, enfatizando atuação intersetorial, principalmente nos locais onde foram identificadas as maiores incidências de pessoas em situação de rua.

*Com informações da Tribuna do Norte

Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura

Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura — Foto: Allan Torres

Médicos que fazem parte da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte suspenderam o atendimento SUS em vários hospitais de Natal. Eles alegam atraso no repasse feito pela prefeitura.

Os procedimentos de alta e média complexidade – incluindo as cirurgias eletivas – estão suspensos desde o último dia 5. Em comunicado destinado aos médicos de alta e média complexidade, a Coopmed-RN informou que “não recebeu nenhum repasse referente ao SUS que encontra-se em atraso” e que, “sendo assim, manteremos a paralisação até que tenhamos alguma sinalização do pagamento”.

A dívida com 200 médicos é referente a três meses de atraso e chegaria a R$ 3,5 milhões, segundo a Coopmed. Em Natal, há convênio vigente com hospitais da Liga Contra o Câncer, Rio Grande, Memorial, Paulo Gurgel, Hospital do Coração e Varela Santiago.

No Hospital Rio Grande, por exemplo, houve redução de 75% nas cirurgias cardíacas, oncológicas e ortopédicas.

*Com informações do G1 RN

Câmara aprova inclusão do símbolo de autismo em placas de prioridade

A proposta será enviada ao Senado/ Foto: Paulo Sérgio/ Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (10) um projeto de lei que torna obrigatória a inclusão do símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista para identificar a prioridade das pessoas desse grupo em serviços e transportes. A proposta será enviada ao Senado.

O símbolo a ser incluído é a fita quebra-cabeça de várias cores, que representa mundialmente a conscientização do transtorno do espectro autista. Segundo a relatora, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (União-TO), desde dezembro de 2020, data em que a utilização da faixa tornou-se facultativa, a sociedade brasileira tomou consciência da representatividade da faixa e da sua real necessidade para melhoria do atendimento às pessoas com autismo.

“Entendemos que a obrigatoriedade do uso da fita quebra-cabeça, símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista, para identificar a prioridade devida às pessoas com esse transtorno, representa mais um passo em direção ao bem-estar dessa faixa da população”, afirmou a deputada.

A relatora argumentou que o autismo é uma síndrome que afeta vários aspectos da comunicação, além de influenciar também no comportamento do indivíduo.

“Dados do CDC (Center of Deseases Control and Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos, existe hoje um caso de autismo a cada 110 pessoas. Dessa forma, estima-se que o Brasil, com seus 200 milhões de habitantes, possua cerca de 2 milhões de autistas”, disse Dorinha.