Dia: 13 de novembro de 2022

Redação do Enem trata de desafios para a valorização de comunidades tradicionais

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano é “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”. A informação foi divulgada há pouco nas redes sociais pelo ministro da Educação, Victor Godoy.

Neste domingo, 13, além da redação, os participantes fazem as provas de Linguagens e Ciências Humanas. São 90 questões no total. Os exames começaram a ser aplicados às 13h30, e o tempo limite para os estudantes realizarem a prova é às 19h.

A segunda parte da prova acontece no próximo domingo, 20, e terá a mesma quantidade de questões. Na ocasião, os temas serão Ciências da Natureza e Matemática.

Principal porta de entrada para universidades públicas e privadas do País, o Enem tem visto uma gradativa queda do total de inscritos. São 3,39 milhões nesta edição, ante um pico de 8 72 milhões em 2014.

Uma peculiaridade é que o Enem deste ano reúne gerações de alunos que tiveram grande parte da formação do ensino médio em aulas a distância, por causa da pandemia que já dura quase três anos. Com isso, a rotina de preparação teve de ser reinventada, para superar desafios de aprendizagem e saúde mental.

Tribuna do Norte.

Aposentado de 83 anos faz Enem pela segunda vez em Natal ‘para dar exemplo

O aposentado Francisco Batista Costa, de 83 anos, se destaca em meio ao público predominantemente jovem que começa as provas do Enem 2022 neste domingo (13) em Natal.

Ele chegou logo após a abertura dos portões, por volta do meio-dia, ao IFRN Central, na capital potiguar, para participar do primeiro dia de provas.

Ele afirma que faz o Enem pela segunda vez com o plano de cursar direito, mas explica que seu maior objetivo é servir de exemplo para as gerações mais novas, como seus filhos e seu neto.

Ele também contou que se preparou para a prova estudando pela internet.

“Pela minha idade, eu não vou mais trabalhar. É mais para dar exemplo para nossos filhos. Posso até trabalhar em um escritório, ajudar, porque já conheço um pouco de direito. Me preparei através da internet, das perguntas. Vou captando e anotando”, afirma.

Seu Francisco ainda afirmou que não descarta fazer outro curso, caso não alcance nota suficiente para garantir uma vaga em direito no Sisu. Ao longo da vida ele trabalhou em uma gráfica de um jornal da capital potiguar.

“Isso é importante para nossa vida. Sair de casa, me preparar, e dormir pensando nas coisas boas da vida”, diz.

Dos mais de 86 mil candidatos inscritos no Enem 2022 no Rio Grande do Norte, apenas 219 são pessoas com mais de 60 anos. Três delas optaram por fazer a prova no formato digital.

G1 RN

Carreta tomba e quatro pessoas ficam feridas na BR-226 no RN

Carreta tombou na manhã deste domingo (13) em Santa Cruz, no Agreste potiguar. — Foto: Redes sociais

Uma pessoa ficou gravemente ferida e outras três tiveram lesões leves após um acidente que aconteceu na manhã deste domingo (13) em Santa Cruz, na região do Agreste potiguar.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, uma carreta tombou na via, na altura do quilômetro 107, por volta das 6h15. Todas as quatro vítimas feridas estavam no veículo.

O possível motivo do acidente não foi informado pela PRF, acionada para prestar atendimento à ocorrência.

Segundo a PRF, a carreta estava atrelada a um semirreboque, mas a carga transportada não foi informada pela corporação.

Após a chegada do socorro, as quatro pessoas feridas foram levadas a um hospital local para passar por atendimento médico.

G1 RN

Enem será aplicado neste domingo em mais de 1,7 mil municípios

Estudantes de todo Brasil, fazem o segundo dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 começa a ser aplicado neste domingo (13) em todo o país nas modalidades impressa e digital. Tanto as provas quanto o tema da redação serão iguais nas duas modalidades. Ao todo, cerca de 3,4 milhões de candidatos farão o exame.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização das provas, divulgou nesta semana os números oficiais do exame, que é a principal forma de ingresso no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), de obtenção de bolsas por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni) e de participação no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Ao todo, 3.331.566 candidatos farão o Enem impresso e 65.066, o digital. A maioria está nos estados de São Paulo (527.097),Minas Gerais (301.350) e Bahia (260.331). As mulheres representam 61% dos candidatos e as pessoas negras, soma de pretos e pardos, 54,8% dos inscritos.

O Enem será realizado em 11.175 locais de prova em 1.747 municípios. Serão mais de 320,5 mil pessoas envolvidas na aplicação do exame, entre coordenadores estaduais, municipais, aplicadores e supervisores.

No dia da prova, é obrigatório levar documento de identificação original, com foto. Entre as identificações aceitas estão as carteiras de identidade e de habilitação (CNH), o passaporte e a carteira de trabalho emitida após 27 de janeiro de 1997.

A novidade desta edição é que serão aceitos os documentos digitais com foto do e-Título, CNH digital e RG digital, que deverão ser apresentados nos respectivos aplicativos oficiais Não serão aceitas fotos da tela do celular.

Outro item obrigatório é a caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. Ela é necessária para preencher o cartão de respostas no Enem impresso e para escrever a redação tanto no Enem impresso quanto no digital. A máscara de proteção facial é obrigatória, exceto nos estados ou municípios onde o uso do item em local fechado esteja liberado por decreto ou ato administrativo de igual poder regulamentar.

É recomendado ainda que os participantes levem lanche e água, já que a prova tem duração longa, e também que se leve o cartão de confirmação da inscrição, no qual está, entre outras informações, o local de prova. O cartão pode ser acessado na página do participante.

Caso necessitem comprovar que participaram do exame, os estudantes podem, também, na página do participante, imprimir a declaração de comparecimento para cada dia de prova, informando o CPF e a senha. A declaração, que deve ser apresentada ao aplicador na porta da sala em cada um dos dias., serve, por exemplo, para justificar falta ao trabalho.

Primeiro dia de prova

No primeiro dia do Enem, os candidatos farão, além das provas objetivas de linguagens e ciências humanas, a única prova subjetiva da avaliação, a redação. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h. Não é permitido entrar após o fechamento dos portões. As provas começam a ser aplicadas às 13h30 e terminam às 19h. O horário é o de Brasília.

No próximo domingo (21), os participantes fazem as provas de matemática e ciências da natureza.

O exame seleciona estudantes para vagas do ensino superior públicas, pelo Sisu, para bolsas em instituições privadas, pelo Prouni, e serve de parâmetro para o Fies. Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.

Para testar os conhecimentos, os estudantes podem acessar gratuitamente o Questões Enem da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), um banco que reúne questões de edições passadas do exame. No sistema, é possível escolher quais áreas do conhecimento se quer estudar. O banco seleciona as questões de maneira aleatória.

Agência Brasil

Secretaria do Ministério da Saúde recomenda uso de máscara após avanço da Covid

Em nota técnica divulgada neste sábado (12/11), a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde recomenda aos estados e municípios a retomada do uso de máscara e a higienização frequente das mãos com álcool em gel ou água e sabão.

O órgão ressalta que a medida deve ser seguida principalmente “por indivíduos com fatores de risco para complicações da covid-19 (em especial imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades)”. Também devem ser levadas em consideração as pessoas que tiveram contato com casos confirmados de Covid-19 e quem frequentar locais fechados e mal ventilados, com aglomeração e serviços de saúde.

A orientação é feita após o número de novos casos de Covid-19 encerrar a semana com alta de 134% em relação ao dias anteriores, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

De 6 a 12 de novembro, o país registrou 61.564 infecções pelo coronavírus. Nos 7 dias anteriores, de 30 de outubro até o dia 5 deste mês, foram contabilizadas 26.304 contaminações.

O total de mortes causadas pela Covid-19 também subiu, mas em um ritmo menor. Foram 312 óbitos na semana encerrada neste sábado, contra 251 do período anterior. Alta de 24,3%.

Metrópoles

Obra da estrada entre São Tomé e Cerro Corá será retomada

Aplicação de emenda parlamentar em retomada da Estrada da Produção foi definida pelo Governo do Estado

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte vai realizar a obra de Manutenção e de Implantação com Pavimentação de parte da RN 203, que interliga os municípios de São Tomé e Cerro Corá, neste Estado. O investimento será de R$ 18,99 milhões, recursos oriundos de emenda coletiva da bancada federal, solicitados pela Governadora Fátima Bezerra, diante da importância da estrada para o desenvolvimento da região e do Estado do Rio Grande do Norte.

A Rodovia denominada RN 203 integra o Sistema Rodoviário Estadual e corresponde a um importante eixo viário do Estado do Rio Grande do Norte, sendo também denominada de Estrada da Produção.

A obra vai permitir o atendimento à população com mais segurança, encurtando o deslocamento das pessoas que trafegam entre os municípios e vai facilitar o escoamento da produção registrada naquela região, assim como possibilitar a expansão da produção de energia a partir de matriz eólica e fomentar o turismo na região.

As intervenções previstas serão divididas em etapas. Na primeira etapa, as obras serão no trecho que interliga os municípios de São Tomé e Cerro Corá e da região do Potengi até a região do Seridó, mais especificamente à Serra de Santana e também a região Central ao Agreste Potiguar. Contemplará os serviços de manutenção dos trechos já pavimentados (9,9 Km) e a implantação de 7 Km de pavimentação, totalizando na quantia estimada em R$ 18.992.366,00 (Dezoito milhões, novecentos e noventa e dois mil, trezentos e sessenta e seis reais).

O início da obra está condicionado à liberação da emenda parlamentar e o prazo previsto para conclusão será de seis meses após o início.