São Pedro

A tradição está de volta em São Pedro, muito forró no meio da rua

A festa já faz parte do calendário de eventos do Potengi, atraindo milhares de participantes em suas edições anteriores. A pandemia impediu a realização das duas edições anteriores, o que só fez aumentar a saudade e a vontade para a deste ano.

Grandes atrações irão iluminar as duas noites de evento. No dia 5 de Janeiro, Giannini, Zé Sanfoneiro e Zé Filho e a queridinha dos São Pedrenses, Banda Grafith, irão fazer a festa. Já no dia 6, a animação é por conta de Rafinha Rapaziada, Na Pegada do Coyote e Michele Andrade.

A promessa é forró até o sol raiar, nos dois dias. Então, chame sua turma e se organize, que a diversão é de graça, em praça pública, pra todo mundo dançar.

SÃO PEDRO: Paróquia de São Pedro Apóstolo celebra hoje (03) a chegada do novo Pároco

Hoje (03), quarta-feira, logo mais às 19h acontecerá na Paróquia de São Pedro Apóstolo em São Pedro do Potengi, a posse do Padre Daniel dos Santos. Além da presença dos fiéis, a posse contará também com a presença do Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, e Padres do X Zonal.

A posse será transmitida através das redes sociais da Paróquia.

Município de São Pedro recebe Selo Cidade Limpa

RODRIGO CABRAL, PROCURADOR-GERAL DA CIDADE DE SÃO PEDRO, SEGURANDO TROFÉU REPRESENTANDO O SELO CIDADE LIMPA

Na manhã desta segunda-feira (13) na sede da Procuradoria Geral de Justiça em Natal, o procurador-geral do município de São Pedro, Rodrigo Cabral, representando o prefeito Miguel Cabral, recebeu o Selo Cidade Limpa.

Há alguns meses, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras, anunciou o fim do lixão, problema que há muitas décadas afligia a população Sãopedrense. Na época, o Prefeito Miguel Cabral frisou a importância de tal ação, lembrando ter sido, inclusive, promessa sua durante a campanha eleitoral.

“Fico imensamente feliz em estar conseguindo, enfim, dar o devido destino aos resíduos sólidos de nossa população. Além do grande problema de saúde pública, há todo um problema social decorrente do mal cheiro e dos animais atraídos pelo lixo. Além disso, a fumaça ocasionada por queimadas, também gerava um grande incômodo e transtorno. O projeto é, além de acabarmos com o lixão, recuperar a área em que foi utilizada por décadas como depósito de resíduos, e um dia vermos belas árvores no local.” completou Miguel Cabral.

O evento contou a presença da Procuradora Geral de Justiça, Elaine Cardoso; o Procurador Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho; o diretor geral do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Leon Aguiar e demais autoridades.