Nível aumenta 25% em uma semana e açude Santa Cruz do Trairi sangra pela primeira vez em 11 anos

Foto: Deyvisson Miguel

O Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta segunda-feira (11), indica que as chuvas que ocorrem, principalmente no litoral e região agreste, estão levando águas para os reservatórios e lagoas.

O açude Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz, atingiu 100% da sua capacidade durante este último final de semana e começou a sangrar. O reservatório tem capacidade para 5.158.750 m³ e não sangrava desde 2011. No relatório divulgado no dia 4 de julho, o manancial estava com 3.900.878 m³, correspondentes a 75,62% da sua capacidade total.

Já o açude Inharé, também localizado em Santa Cruz, acumula 3.668.000 m³, equivalentes a 20,84% da sua capacidade total, que é de 17.600.000 m³. Na segunda-feira, 4 de julho, o reservatório estava com 2.744.000 m³, percentualmente, 15,59% da sua capacidade total.

O açude público de Poço Branco acumula 34.920.081 m³, correspondentes a 25,68% da sua capacidade total, que é de 136.000.000 m³. No dia 4 de julho, o manancial estava com 23.752.882 m³, equivalentes a 17,47% da sua capacidade total.

A barragem Tabatinga, localizada em Macaíba, acumula 25.979.296 m³, percentualmente, 28,92% da sua capacidade total, que é de 89.835.678 m³. Na semana passada, o reservatório estava com 19.139.225 m³, correspondentes a 21,30% da sua capacidade total.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior manancial do RN, acumula 1.527.215.137 m³, equivalentes a 64,36% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No último relatório divulgado, o reservatório estava com 1.528.569.585 m³, percentualmente, 64,41% da sua capacidade total.

O segundo maior manancial do RN, Santa Cruz do Apodi acumula 265.359.680 m³, equivalentes a 44,25% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No dia 4 de julho, a barragem estava com 266.202.900 m³, correspondentes a 44,39% da sua capacidade total.

As reservas hídricas superficiais totais do RN atualmente acumulam 2.399.425.842 m³, percentualmente, 54,82% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No dia 4 de julho, as reservas hídricas acumulavam 2.382.112.450 m³, correspondentes a 54,43% da sua capacidade total.

Para saber sobre os volumes de outras barragens do RN acesse: http://sistemas.searh.rn.gov.br/monitoramentovolumetrico.

Situação das lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com seu volume máximo, que é de 11.019.525 m³.

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 42.806.841 m³, percentualmente, 50,8% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³.

A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, permanece cheia com 11.074.800 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.