Dia: 5 de julho de 2022

Defesa Civil atendeu cerca de 80 chamados em Natal desde a última sexta-feira (1)

Reprodução/InterTV

A Defesa Civil de Natal atendeu, desde a última sexta-feira (1) até a manhã desta terça-feira (5), cerca de 80 chamados. A Prefeitura de Natal abriu 100 vagas em abrigos organizados em escolas do Município e está acolhendo 21 pessoas, até o momento. A força tarefa montada pela gestão municipal está atuando na recuperação de ruas e lagoas por toda cidade.

Segundo informações da Defesa Civil, o local atingido com maior gravidade é a rua Mirassol, no bairro de Felipe Camarão. No total, 22 casas foram interditadas. Todas as famílias foram retiradas, inclusive um morador que havia se recusado a sair. Todos informaram ter casa de parentes e não quiseram abrigamento.

Nessa área, a Secretaria de Infraestrutura – Seinfra, já iniciou um trabalho de recuperação que inclui a aplicação de concreto e aterro para posterior compactação. “Estivemos nas ruas da cidade até de madrugada e hoje já continuamos o serviço. Vamos aproveitar esse período de estiagem para avançar nos reparos nesta rua e também por todas as zonas de Natal”, explicou o secretário Carlson Gomes.

Segundo o último boletim divulgado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o alerta de risco cessou. O sistema climático que estava atuando na região de Natal acabou, o que deve ocasionar uma redução nas precipitações.

De acordo com o titular da Seinfra, entre a segunda-feira (4) e esta terça-feira (5) foram registrados quatro novos casos em decorrência das chuvas. Um na Alexandrino, que já foi sinalizado para evitar acidentes e cuja recuperação inicia ainda hoje, outro na rua Indomar, em Felipe Camarão, um caso no Parque das Dunas e outro na avenida Jerônimo Câmara. “Nossas equipes já estão em todos esses locais analisando caso a caso e iniciando os trabalhos de sinalização, contenção e recuperação”, diz Carlson Gomes.

A Seinfra possui hoje, somente na manutenção de vias públicas (Tapa Buracos e lagoas) 20 equipes atuando nas quatro zonas administrativas da capital potiguar.  “Em relação às lagoas temos três que ainda estão com o volume acima: Ponta Negra, Pirangi e Jiqui. No entanto, nenhuma dessas se deve a falta de estrutura. Nossas bombas estão trabalhando normalmente, mas há uma elevação grande do lençol freático, que faz com que o bombeamento leve mais tempo”, justifica Carlson.

As lagoas, assim como algumas ruas da cidade, sofrem com problemas relacionados a ligações clandestinas de esgotos e deposição irregular de lixo. O secretário revelou que em alguns casos, mesmo na época sem chuvas, algumas lagoas mantêm volume de água de 1m de lâmina, o que ocasiona uma diminuição na capacidade absorção da mesma no período chuvoso. Além disso, no caso da rua Mirassol, por exemplo, em quase todas as residências, ficou evidenciada a ligação irregular de esgoto, o que satura o sistema e pode ter ajudado na abertura da cratera.

PDT de Carlos Eduardo pagou até cerveja puro malte com fundo partidário em 2021

Reprodução

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, presidente estadual do PDT, tem bancado diversos eventos de sua pré-campanha a senador nas eleições de 2022 com recursos oriundos do fundo partidário (dinheiro público).

A prestação de contas de 2021 apresentada pelo partido à Justiça Eleitoral mostra que deslocamentos do pré-candidato e seus assessores pelo interior do Estado e pelo País afora estão sendo pagos com verba do partido. Na conta, estão incluídas passagens aéreas, aluguéis de carros, hospedagens, combustíveis e refeições diversas.

Ao todo, o PDT do Rio Grande do Norte declarou ter tido um gasto de quase R$ 240 mil no ano passado, somadas todas as despesas do partido. No período, a receita foi de R$ 300 mil, sendo 99,5% provenientes do fundo partidário e o restante de doações.

Notas fiscais juntadas pela própria legenda e consultadas pelo PORTAL DA 98 FM no site da Justiça Eleitoral mostram que, ao longo do ano passado, Carlos Eduardo e assessores promoveram dezenas de reuniões com lideranças políticas pelo interior do Estado e pagaram a conta com o dinheiro do PDT.

Uma das notas fiscais mostra, por exemplo, que só um almoço em Caicó entre Carlos Eduardo e lideranças políticas da região custou aos cofres públicos R$ 1.265,00. Foi no dia 12 de agosto. De acordo com a nota fiscal, 25 pessoas comeram às custas do partido.

Reprodução/PDT

Na semana seguinte, o almoço de pré-campanha foi em Mossoró. Na ocasião, Carlos Eduardo reuniu 12 pessoas, entre correligionários e apoiadores, em um restaurante da cidade e pagou R$ 881,28 de refeição com dinheiro do PDT.

A situação se repetiu em várias outras cidades, como Patu e Pau dos Ferros. Na maioria dos casos, Carlos Eduardo aproveitou a passagem pelas cidades para conversar sobre seus projetos políticos e deu entrevistas a emissoras de rádio locais.

Até a mulher de Carlos Eduardo, a ex-primeira-dama Andréa Ramalho, participou de almoços com dinheiro do partido. Em uma das notas fiscais juntadas, é apresentado um custo de R$ 497,87 em uma refeição completa, com picanha, queijo na brasa, sobremesas e bebidas não alcoólicas.

Reprodução/PDT

Como justificativa, o partido juntou uma foto na qual Andréa aparece em um almoço com dirigentes da Ação da Mulher Trabalhista (AMT), seção feminina do partido.

Mas, uma fatura específica chama a atenção. Em 22 de dezembro, o PDT pagou R$ 551,00 de uma conta no espaço Garbos Recepções e Eventos, de Mossoró. Segundo a nota fiscal, estava incluído na despesa o consumo de quatro cervejas Petra puro malte, além de uma refeição completa com carne de sol e macaxeira, camarão, petit gateau de sobremesa e outras bebidas não alcoólicas.

Nas observações, a nota indica que a despesa é referente a uma hospedagem de Gleiber Adriano Dantas, advogado do partido.

Reprodução/PDT

A prática de bancar reuniões de pré-campanha não é ilegal, mas determinados gastos podem ser questionados pela Justiça Eleitoral, como o pagamento de bebidas alcoólicas. A impugnação pode ser apresentada pelo Ministério Público ou por outras agremiações partidárias.

Com informações da 98 FM

Nísia Floresta: prefeito Daniel Marinho se reúne com presidente Bolsonaro e no MDR busca soluções para amenizar os transtornos causados pelas chuvas

O Prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, está em Brasília onde se reuniu com o Presidente Jair Bolsonaro, com representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Na ocasião o Prefeito Daniel Marinho relatou os transtornos causados pelas fortes chuvas que caíram nos últimos dias e solicitou providências, buscando dar rápida resposta pra amenizar os problemas registrados em virtude das chuvas.

“Estamos em Brasília, apresentando os problemas que derivam das fortes chuvas ao Presidente Bolsonaro e ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Informei os principais transtornos causados em nossa cidade e breve voltaremos para Nísia Floresta com uma resposta eficaz para diminuir os impactos.” Afirmou o Prefeito Daniel Marinho.

Sítio Novo realiza um dos maiores festivais de quadrilhas juninas da região Trairí do RN

A Prefeitura de Sítio Novo, realizou nos dias 01, 02 e 03 de Julho, um dos maiores festivais de quadrilhas juninas do Rio Grande do Norte.

O evento realizado no ginásio poliesportivo da cidade contou com a apresentação de cerca de 20 (vinte) quadrilhas juninas, e reuniu a população local e de cidades vizinhas para prestigiar o festival que resgata a cultura popular e incentiva a juventude no engajamento cultural.

“Estou muito feliz com a realização de um dos maiores e mais bonitos festivais de quadrilhas juninas já realizada em nossa região. A valorização da nossa cultura, da terra e da nossa gente tem sido uma bandeira de nosso mandato, e com esse resgate cultural estamos fazendo desse momento uma nova história pra Sítio Novo!” Afirmou a prefeita Andrezza Brasil.

Vereador Raniere Barbosa comemora instituição do projeto Ambulante Legal em Natal

Um dos principais cartões postais de Natal, a praia de Ponta Negra, a partir desta terça-feira (05), contará, ao longo dos seus quatro quilômetros de extensão, com o ordenamento do calçadão, onde, anteriormente, vendedores e ambulantes atuavam de forma irregular, sem identificação e segurança jurídica. Agora, com a instituição do projeto Ambulante Legal, os trabalhadores poderão operar de forma plena e respaldada; o melhoramento deste tópico histórico e relevante socioeconomicamente é resultado de reivindicação e articulação antiga, promovidas pelo vereador Raniere Barbosa. Desde o início, um pensamento era unânime: os trabalhadores informais precisam de justo acesso ao trabalho, visando à obtenção de suas rendas. Assim, para não impedir esse direito fundamental de acesso ao trabalho, segundo o parlamentar, não foram contados esforços para que esta garantia se materializasse.

Após intensa pesquisa e assíduo trabalho político, aconteceu, nesta terça-feira (05), a solenidade de entrega dos crachás e coletes a, aproximadamente, 30 trabalhadores. O encontro aconteceu na Secretaria Municipal de Administração (SEMAD). “Esse número é só uma fração dos cidadãos que irão trabalhar na Orla. Planejamos e trabalhamos para que 204 ambulantes fiquem no calçadão e na faixa de areia da Praia de Ponta Negra. A entrega do material ao restante dos cadastrados será realizada ainda ao longo desta semana”, destacou o vereador Raniere Barbosa.

Participaram da ação, o secretário de Serviços Urbanos (SEMSUR), Irapoã Nóbrega, o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Daniel Marinho, o chefe de Fiscalização da Semsur, Carlos Falcão, o supervisor geral de Fiscalização da Semurb, Leonardo Almeida, e a equipe da empresa Ferreira Costa – que apoiou a iniciativa doando materiais de identificação aos comerciantes.

TRE-RN suspende registro do Partido Mobiliza Nacional (PMN/RN)

O processo foi julgado na Sessão Plenária desta terça (5)

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) suspendeu, por maioria dos votos, o registro do Diretório Regional do Partido Mobiliza Nacional (PMN/RN) em virtude da não prestação de contas referentes ao exercício financeiro de 2018. O processo foi julgado na Sessão Plenária desta terça-feira (5).

A relatora do processo, juíza Adriana Magalhães, julgou procedente o pedido de suspensão do registro feito pelo Ministério Público Eleitoral. A decisão foi fundamentada com base na Resolução/TSE nº 23.571/2018, que disciplina a não prestação de contas financeiras pelos partidos políticos. O artigo 54-A, II da resolução determina a suspensão da anotação do órgão partidário em consequência da omissão partidária.

“Assim sendo, constatada a não prestação das contas financeiras do partido político, forçoso o reconhecimento da consequência determinada pelo artigo 54-A, II, da Resolução/TSE nº 23.571/2018. Forte nesses fundamentos, voto pela procedência do pedido formulado pela Procuradoria Regional Eleitoral, no sentido de determinar a suspensão da anotação do Diretório Regional do Partido Mobiliza Nacional (PMN/RN)”, destacou a relatora em seu voto.

BRASÍLIA: Prefeito Babá Pereira e seu prestígio político junto a Bolsonaro e Rogério Marinho

Prefeito de São Tomé e Presidente da FEMURN, Babá Pereira, está em Brasília participando ao lado de vários prefeitos do RN da Mobilização Municipalista em defesa dos Municípios e da população, movimento denuncia medidas de grande impacto local. Na oportunidade, ao lado do ex-ministro Rogério Marinho esteve no gabinete do Presidente Bolsonaro nesta terça-feira (05).

Babá através de suas redes sociais registrou o momento. “Aproveitando a minha estada em Brasília, aproveitei para, nesta terça-feira, ao lado do ex-ministro Rogério Marinho, agradecer pessoalmente ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, por tudo que ele tem feito por nossa São Tomé/RN, pelo nosso estado do Rio Grande do Norte, e pelo Nordeste!”

Prefeitura de Serra de São Bento divulga programação da 11ª edição do Festival de Inverno

Turistas, moradores e visitantes já podem escolher o agasalho para participar da 11ª edição do Festival de Inverno da Serra de São Bento, município serrano no Rio Grande do Norte. O evento acontece entre os dias 12 a 14 de agosto de 2022, na Praça do Turista e Arena da Serra.

A Prefeitura de Serra de São Bento, por meio da Secretaria de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento, divulgou nesta terça-feira (05) a programação oficial do evento. O lançamento para imprensa e Trade Turístico foi realizado no Sesc Natal.

Para celebrar a volta do evento, a prefeitura preparou novidades. “Estamos muito felizes em retornar com Festival agregando a cultura, a gastronomia e o artesanato. Nosso intuito valorizar o que o município tem de melhor, inserindo-o no mapa do turismo potiguar”, disse a prefeita, Wanessa Gomes de Morais.

No período de 25 a 29 de julho, a Prefeitura em parceria com o Senac RN, irá oferecer cursos gratuitos, sendo uma turma para o de Manipulação de Alimentos; e outra turma para o de Técnicas no Serviço de Garçom, com o objetivo de qualificar os profissionais que irão trabalhar no Festival. No total, serão oferecidas 50 vagas para cada curso.

Nesta época do ano, as temperaturas ficam mais baixas, a estimativa é que 50 mil pessoas visitem o Festival.

Confira a programação:

• Sexta-feira – 12 de agosto

Palco Principal
20h – Atrações Locais
21:30h – Banda Perfume de Gardênia
23h – DJ Sax In The House
23:30h – Mari Fernandes
1h – DJ Sax In The House
1:30h – Brasas do Forró

Praça do Turista
19h às 22h – Feirinha do Bento
19h – Atrações culturais

• Sábado – 13 de agosto

Praça do Ginásio
17h – Show Infantil
19h – Apresentações Culturais

Palco Principal
20h – Artistas Locais
21:30h – Isaac Galvão
23h – DJ Bruno Mooneyhan
23:30h – Elba Ramalho
1h – DJ Bruno Mooneyhan
1h:30 – Vicente Nery

Praça do Turista
16h às 22h – Feirinha do Bento
19h – Atrações culturais

• Domingo – 14 de agosto

Palco Principal
12h – Soanata
14h – Hélio dos Teclados

Praça do Turista
12h às 17h – Feirinha do Bento
16h – Forró da Melhor Idade

MP vai apurar problemas na manutenção de equipamentos do Lacen e fornecimento de insumos

Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instaurou um inquérito para apurar problemas na manutenção de equipamentos do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Lacen). Conforme informado pelo documento publicado na edição desta terça-feira (5) do Diário Oficial do Estado (DOE), também deve ser investigadas possíveis irregularidades no fornecimento de insumos para realização de análises.

Os problemas identificados são com relação aos itens necessários à emissão de laudos de análise das amostras de leite. O MP pede que seja informado se há algum convênio junto ao Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn) para o andamento desses serviços e, se houver, por qual motivo não está tendo andamento correto.

Caso não haja vínculo com o Idiarn, o órgão pede que seja informado qual o novo convênio que teria sido celebrado pelo Lacen para garantir o fornecimento dos materiais e serviços.

O MP solicitou que seja informado quais insumos necessários à análise do leite estão em falta no momento e quem é o fornecedor responsável.

A promotora Raquel Batista de Ataide Fagundes foi quem assinou a instauração do inquérito. Com informações do Portal da 96 FM

21 das 48 lagoas de captação de Natal possuem risco elevado ou médio de transbordamento

Foto: Reprodução

A chegada de chuvas mais intensas, como aquelas observadas em Natal nesse último fim de semana, são um teste para verificar o funcionamento das lagoas de captação, que têm a importante função de garantir a drenagem e infiltração das águas pluviais. Mas, das 48 lagoas de captação localizadas na capital, pelo menos 21 apresentam um elevado risco de transbordamento.

A constatação foi divulgada por meio de relatório elaborado pelo Departamento de Defesa Civil e Ações Preventivas, da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (SEMDES), da Prefeitura Municipal do Natal. Dentre os principais problemas, a maioria das lagoas apresentam vegetação em sua área interna, algumas estão sem vigilância e tiveram suas bombas para drenar a água roubadas. Em alguns locais, também foram observadas ligações clandestinas de esgotos nas lagoas que foram projetadas para receber apenas águas de chuva.

Em Natal, a chuva do final de semana quase superou a média esperada para o mês de julho em todo o Rio Grande do Norte e foi maior do que o volume esperado para a Região Leste, onde está localizada a capital potiguar. O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou um acumulado de 235mm na capital, quando a média para todo o mês era de 245mm.

Sem a drenagem adequada, alguns pontos da cidade continuavam interditados na manhã desta terça (05), como o trecho da Avenida Ayrton Senna que fica ao lado da Lagoa de Pirangi ou Jiqui, no bairro de Neópolis, capital. A Defesa Civil do estado também vai visitar alguns municípios do interior nesta terça (05) que também apresentaram problemas decorrentes das chuvas mais intensas, como a cidade litorânea de Touros.

RISCO ELEVADO DE TRANSBORDAMENTO

Lagoa Dom Pedro I – bairro Pajuçara II

Lagoa de Santarém ou Nova República – Potengi

Lagoa Acaraú – bairro Panatis I

Lagoa do Preá – bairro Lagoa Nova

Lagoa dos Potiguares – bairro Morro Branco

Lagoa do San Vale ou Integração

Lagoa de Cidade Jardim I

Lagoa de Cidade Jardim II

Lagoa dos Xavantes I

Lagoa dos Xavantes II (Caiapós)

Lagoa de Pirangi ou Jiqui – bairro Neópolis

Lagoa do Makro

Lagoa de Pirangi II ou Lagoa do Society

Lagoa do Pirangi

RISCO MÉDIO

Lagoa do Pajuçara 2 ou Visconde de Ouro Preto

Lagoa do Panatis

Lagoa do Jardim Primavera ou Jardim Progresso

Lagoa de São Conrado

Lagoa da Cidade da Esperança

Lagoa do Horto

Lagoa de Mirassol

BAIXO RISCO

Lagoa do Gramorezinho ou do Sapo – bairro de Lagoa Azul

Lagoa do José Sarney – bairro Potengi

Lagoa Vila Verde I (Pajuçara ou Dr Carneiro Ribeiro)

Lagoa do Vila Verde – Parque das Dunas III – bairro Pajuçara

Saiba Mais