Dia: 7 de julho de 2022

STTU realiza desvio e itinerário das linhas S-50,L-51,L-52

av

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), realizou um desvio de itinerário das linhas S-50,L-51,L-52, Nova Parnamirim e Eucaliptos que passam por trecho da avenida Ayrton Senna e avenida das Alagoas. O motivo do desvio foi últimas chuvas que vem acontecendo, que causou o transbordamento da lagoa de captação de Neópolis, deixando o trecho intransitável. O desvio está acontecendo pela rua Palmeira dos índios, rua Arapiraca e segue seu itinerário normal.

Para dar suporte as mudanças, agentes de Mobilidade estão no local para oferecer suporte ao trânsito. O telefone 156 é o canal de atendimento da STTU para a população encaminhar demandas de trânsito 24 horas por dia.

Devido fortes chuvas, escolas de São Paulo do Potengi suspendem as aulas nesta sexta (08)

Frente da Escola Mun. Dep. Djalma Marinho – (Foto: Glaucione Farias)

Com as fortes chuvas que tem atingido o solo potengiense, nesta quinta-feira (07), as escolas municipais e estaduais de São Paulo do Potengi suspenderão as aulas nesta sexta-feira (08), devido os danos causado nas estradas por onde passam os transportes da zona rural.

Portanto, as aulas nas 07 escolas municipais da cidade, estão suspensas. Como também, as aulas na Escola Estadual Maurício Freire e Escola Estadual Dep. Djalma Marinho, ambos estaduais.

Potiguar toma posse no senado após licença de Sérgio Petecão

Agência Senado

Tomou posse nesta quarta-feira (6), a senadora Maria das Vitórias (PSD-AC). Ela assumiu o mandato como primeira-suplente de Sergio Petecão (PSD-AC), que se licenciou por 121 dias para se dedicar à campanha eleitoral.

Em seu primeiro pronunciamento, Maria das Vitórias afirmou que vai exercer seu mandato com foco na apresentação de projetos que atendam anseios da população acriana. Natural de acari, na região Seridó Potiguar, a senadora chegou ao Acre aos 24 anos. Ela reforçou a importância da voz feminina dos debates no Legislativo e fez questão de destacar sua trajetória de vida e vínculo que construiu com o RN.

“Sou extensionista social. Fui para o Acre com 24 anos de idade para criar o Serviço de Extensão Rural, junto com o saudoso Dr. Zaqueu Machado de Almeida. Naquele estado, fomos desbravar a questão da agricultura familiar, como é chamada hoje, e por lá trabalhamos bastante. Sou de formação de estudos sociais. Por isso minha dedicação, sempre, aos menos favorecidos”, declarou.

Deputada por 3 mandatos, Maria das Vitórias também atuou no Executivo estadual, tendo sido secretária de desenvolvimento agrário e da indústria, comércio e turismo; no Executivo municipal, como secretária da assistência social.

Com informações de Marcos Dantas

Prefeitura de Parnamirim montou força-tarefa para ajuda aos desabrigados

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Parnamirim montou um gabinete de crise desde o último fim de semana, formado pelas principais secretarias do município, e tem trabalhado de forma ininterrupta para oferecer toda a assistência à população afetada pelas fortes chuvas que caem desde o último sábado (2), os maiores índices de chuva dos últimos 20 anos no município. Diante disso, o Prefeito Rosano Taveira solicitou a sua equipe que não poupasse esforços para que todas as ações fossem executadas. Dentre elas a aquisição de novas bombas e maquinários necessários para sanar a crise. As equipes envolvidas estão 24h, em plantão exclusivo para atenderem a população e receberem chamados através do 156. A Secretaria de Saúde está prestando todo o suporte emergencial, com equipes dos profissionais do Saúde da Família, inclusivo com psicólogo, atuando nas escolas que possuem pessoas desabrigadas.

Os bairros que possuem famílias desabrigadas são Emaús, Parque das Orquides, Parque de Exposições e Pium. E os bairros com população desalojada são Emaús, Parque de Exposições, Santa Tereza, Monte Castelo, Pium, Liberdade, Vale do Sol e Nova Parnamirim. Os desabrigados estão sendo recebidos nas escolas Francisca Avelino, no Parque de Exposições, Irmã Maura, em Emaús e a escola Raimunda Maria da Conceição, em Pium, além do Conselho Comunitário do Parque das Orquídeas. Também estão sendo providenciados de forma emergencial pela Secretaria de Saúde e pela Secretaria de Ação Social cestas básicas, colchões, lençóis, kits de higiene pessoal, água mineral, copo descartável e quentinhas. A Secretaria de Educação suspendeu o início das as aulas nas quatro escolas que estão recebendo desabrigados, que estava previsto para hoje (7), sem prazo previsto para retorno, enquanto durar a situação de calamidade por causa das chuvas.

De acordo com o secretário chefe do Gabinete Civil, Homero Grec, está sendo feito um verdadeiro trabalho humanitário para ajudar a população, que em muitos casos perderam tudo o que tinham. “Nossas equipes estão nas ruas desde o final de semana, para auxiliar a população em tudo o que for necessário, para garantir a segurança e a dignidade de todos”, destacou Homero. A prefeitura disponibiliza pontos de doações para quem puder ajudar as famílias. Os pontos estão localizados nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), no horário das 7h30 às 14 horas, na Secretaria de Assistência Social (SEMAS), no CREAS na rua Aspirante Santos 239, por trás da Saci, no Centro Cultural Trampolim da Vitória (CCTV), que funciona no antigo aeroporto e na sede da Guarda Municipal, na Rua Francisco Ferreira Neves, 333, em Monte Castelo.

Alagamento na Avenida Ayrton Senna deve continuar com persistência de chuvas, diz secretário

Foto: Magnus Nascimento

O alagamento no cruzamento da Avenida Ayrton Senna com Avenida Alagoas, no bairro de Neópolis, zona Sul de Natal, deve continuar caso haja mais chuvas na cidade, de acordo com o secretário da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), Carlson Gomes.

O prazo anterior era de cinco dias, mas se as chuvas continuarem o tempo deve ser prolongado. O problema é resultado do transbordo da lagoa de captação de Pirangi e persiste devido ao grande volume de chuvas do último fim de semana, além das chuvas da noite de quarta (6) e manhã desta quinta-feira (7).

Uma equipe da Seinfra está no local realizando drenagem através de bombas para tentar resolver a situação. Ainda segundo o secretário, existe um problema do lençol freático. “A lagoa ali, toda a bacia da Lagoinha está saturada. Inclusive é a mesma bacia da Rota do Sol, ali é um problema só”, disse.

Desde domingo (3), a região sofre com o grande volume de chuvas, o que tem causado transtornos aos moradores. O local foi isolado pelo pessoal da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), sendo assim, o tráfego precisou ser desviado por outras rotas.

Tribuna do Norte

Secretaria de Saúde de São Paulo do Potengi esclarece informações ao Blog

Foto: reprodução/Google Maps

Diante das informações recebidas e veiculadas em grupos de WhatsApp de nossa cidade, através de relatos de alguns munícipes, a redação do BLOG LUCAS TAVARES resolveu entrar em contato com Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo do Potengi para buscar esclarecimentos mediante alguns assuntos. Em outras matérias veiculadas neste portal de notícia, chegamos a cobrar medidas mais eficientes da gestão municipal diante da saúde no município.

Ao ser questionada sobre os procedimentos médicos e acompanhamento ao cidadão que testa positivo para covid-19, a Secretária falou: “Os casos são repassados para a Unidade de saúde de referência do paciente diariamente, este fica sendo monitorado pela enfermeira e Agente de saúde da área, bem como de seus contatos caso apresentem sintomas. A orientação é repassada e explicamos a importância do isolamento, lamentamos que nem todos compreendem a necessidade de manter as medidas de precaução.”

De acordo com dados repassado, atualmente São Paulo do Potengi tem 07 casos suspeitos de Covid-19 aguardando resultado. Veja dados da Covid-19 em nosso município desde o início da pandemia: Notificados: 9.502 – Aguardando exames: 07 casos – Confirmados: 3.005 casos – Descartados: 6.490 casos – Recuperados: 2.916 casos Monitorados: 48 casos e Óbitos: 41 casos.

Questionamos a Secretária Kátia Marques a respeito da constante falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) na cidade. Fato este que acompanhamos inúmeras reclamações através das redes sociais. “A respeito dos médicos temos disponível em todas as 08 Unidades de Saúde do município, a população pode procurar a sua unidade de saúde para realizar o agendamento da consulta e caso tenha dúvida receber informação de quais dias o médico está na sua unidade. No Centro de síndromes respiratórias e arboviroses ficamos alguns dias sem medico devido à dificuldade de um profissional aceitar a proposta, inclusive da quantidade de dias, mas no momento temos uma médica em atendimento no centro e estamos sempre tentando melhorar a oferta de serviços.”.

“Ressalto que muitos municípios já fecharam seus centros e encaminharam a esses casos para as Unidades de Saúde causando um aumento da demanda dessas unidades, e nós mantemos o nosso em funcionamento por entender a necessidade de oferecer um atendimento mais resolutivo voltado a essas patologias.”, enfatizou a Secretária de Saúde.

Pré-candidatura de Fábio Dantas cresce mais uma vez nas intenções de voto em pesquisa

A pesquisa Item, divulgada pela rádio Cidade nesta quinta-feira (7), registrou o crescimento da pré-candidatura de Fábio Dantas ao Governo do RN, com 17% da preferência do eleitorado.

O resultado mostra que cada vez mais os potiguares reconhecem pensam no nome de Fábio Dantas para o executivo estadual. Na pesquisa Item divulgada em maio passado, Fábio Dantas tinha 14,8%.

“Ter diálogo com a população é obrigação de qualquer gestor. Nós estamos em diversos municípios dando voz e ouvido ao povo. Não adianta ficar num castelo no centro administrativo, esperando que as coisas se revolvam por si só”, disse Fábio Dantas.

A pesquisa Item/Rádio Cidade entrevistou 1.600 pessoas entre os dias 30 de junho e 3 de julho. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais, com índice de confiança de 95%. O registro é o TRE-RN 03026/2022.

Brasil tem 106 casos de varíola dos macacos confirmados

Foto: REUTERS/Dado Ruvic

O Brasil tem 106 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox), segundo levantamento do Ministério da Saúde. A maioria (75) foi registrada em São Paulo. Em seguida está o Rio de Janeiro, com 20 casos.

Em Minas Gerais, foram três casos da doença. No Ceará, no Paraná e no Rio de Grande do Sul foram dois registros em cada estado. Há também confirmação de infecção pelo vírus no Distrito Federal e no Rio Grande do Norte, com um caso cada.

O órgão destacou que segue em articulação direta com os estados para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos dos pacientes. Isso é feito por meio da Sala de Situação e Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS Nacional).

O vírus

A varíola causada pelo vírus hMPXV (Human Monkeypox Virus, na sigla em inglês) causa uma doença mais branda do que a varíola smallpox, que foi erradicada na década de 1980.

Trata-se de uma doença viral rara transmitida pelo contato próximo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. O contato pode ser por abraço, beijo, massagens ou relações sexuais. A doença também é transmitida por secreções respiratórias e pelo contato com objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies utilizadas pelo doente.

Não há tratamento específico, mas os quadros clínicos costumam ser leves, sendo necessários o cuidado e a observação das lesões. O maior risco de agravamento acontece, em geral, para pessoas imunossuprimidas com HIV/AIDS, leucemia, linfoma, metástase, transplantados, pessoas com doenças autoimunes, gestantes, lactantes e crianças com menos de 8 anos.

Os primeiros sintomas podem ser febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, linfonodos inchados, calafrios ou cansaço. De um a três dias após o início dos sintomas, as pessoas desenvolvem lesões de pele, geralmente na boca, pés, peito, rosto e ou regiões genitais.

Para a prevenção, deve-se evitar o contato próximo com a pessoa doente até que todas as feridas tenham cicatrizado, assim como com qualquer material que tenha sido usado pelo infectado. Também é importante a higienização das mãos, lavando-as com água e sabão ou utilizando álcool gel.

Agência Brasil

EM ALERTA: Natal amanhece com chuvas e situação em pontos críticos pode piorar

Foto: Heilysmar Lima

Natal registrou chuvas fortes durante a madrugada e o início da manhã desta quinta-feira (07). As novas ocorrências de precipitações podem piorar pontos críticos espalhados pela cidade, como exemplo a situação na rua Mirassol, no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a capital potiguar tem um alerta amarelo de acumulado de chuvas para esta manhã. Contudo, uma renovação no aviso, algo que vem se repetindo dia após dia, não está descartada.

O comunicado do Inmet aponta que a cidade pode acumular chuvas de 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Ainda há a possibilidade de alagamentos e deslizamentos.

Além de Natal, o alerta engloba também municípios do Leste Potiguar, incluindo Parnamirim que foi bastante afetada pelas chuvas do último final de semana. Lá, os moradores da rua Dom Bosco seguem ilhados.

Portal da Tropical

Preço da gasolina em Natal fica abaixo dos R$ 7 após Estado reduzir ICMS

Foto: Julianne Barreto

O preço do litro da gasolina baixou nos postos de combustível de Natal nesta quarta-feira (6). O valor já pode ser encontrado entre R$ 6,94 e R$ 6,99 nas quatro regiões da capital. Entre os dias 26 de junho e o dia 2 de julho, a pesquisa semanal da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontou que preço médio na capital estava em R$ 7,51. Entre 19 e 25 de junho, a média era de R$ 7,97.

A redução nesta semana se dá após a Secretaria Estadual de Tributação do RN reduzir para 18% a alíquota do ICMS que incide sobre combustíveis, gás natural, energia elétrica e comunicações. Antes, esse percentual era de 29%. Além disso, outro fator contribuiu para a redução, segundo explicou o secretário de Tributação do RN, Carlos Eduardo Xavier: a determinação do Ministro do STF André Mendonça para fixar a alíquota do ICMS nos combustíveis.

Segundo ele, a expectativa é de que apenas com essas reduções, o preço fique pelo menos R$ 1 mais barato do que estava. “As duas medidas casadas, no caso da gasolina, em que há a adoção da média móvel do valor de referência e da redução da alíquota de ICMS e também não havendo mais a cobrança do fundo de combate a pobreza, que é um adicional de 2%, o valor da redução do imposto cobrado hoje na gasolina é de R$ 1,03. Então, espera-se que essa redução chegue também à bomba”, explicou o secretário.

G1 RN