RN tem 60 casos confirmados de varíola dos macacos em 11 municípios

SCIENCE PHOTO LIBRARY

A Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap-RN) divulgou nesta sexta-feira (16) um novo boletim epidemiológico da Monkeypox, popularmente conhecida como varíola dos macacos. De acordo com os dados da pasta, o estado já soma 60 casos da doença.

Os números apontam que 11 municípios tiveram confirmações. O maior número está na capital potiguar, que acumula 32 ocorrências. Em seguida, aparece Parnamirim, com 13 casos confirmados. Mossoró, São Gonçalo do Amarante e Extremoz possuem três casos cada.

Ainda de acordo com o boletim, 45 casos foram registrados em pessoas do sexo masculino e 15 no sexo feminino. Ou seja, os homens somam 75% dos casos da doença no Rio Grande do Norte. A faixa etária mais atingida é a de pessoas de 30 a 39 anos, sendo 20 casos.

Os dados mostram que cinco crianças de 0 a 11 anos foram contaminadas no estado. De 12 a 19 anos, foram seis casos. De 20 a 29 anos, foram 13. De 40 a 49 anos, são 10 registros. Por fim, de 50 a 59 anos, foram quatro; e de 60 a 69 anos, foram dois.

No Rio Grande do Norte, ainda são 124 casos descartados, 13 considerados prováveis e 65 apontados como suspeitos.

Devido ao cenário de avanço da doença, a Sesap afirmou, em nota, que “está atualizando o Plano de Contingência Estadual, orientando também que as secretarias municipais construam seus planos de ação com base no documento estadual”. Em Natal, a Secretaria Municipal de Saúde apresentou um plano de atendimento da monkeypox.

Confira os municípios do RN com casos confirmados:

Doutor Severiano: 1
Equador: 1
Espírito Santo: 1
Extremoz: 3
Goianinha: 1
Jandaíra: 1
Mossoró: 3
Natal: 32
Parelhas: 1
Parnamirim: 13
São Gonçalo do Amarante: 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.