Chuvas

Instituto emite alerta de acumulado de chuvas para Natal e mais 34 cidades no RN; veja lista

Reprodução

O Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) emitiu nesta terça-feira (23) alertas de acumulado de chuva para 35 cidades do Rio Grande do Norte, incluindo a capital potiguar. O alerta é válido até às 10h desta quarta-feira (24).

Veja cidades atingidas

  1. Areia Branca
  2. Arês
  3. Baía Formosa
  4. Baraúna
  5. Caiçara do Norte
  6. Canguaretama
  7. Carnaubais
  8. Ceará-Mirim
  9. Extremoz
  10. Galinhos
  11. Goianinha
  12. Grossos
  13. Guamaré
  14. Macaíba
  15. Macau
  16. Maxaranguape
  17. Mossoró
  18. Natal
  19. Nísia Floresta
  20. Parazinho
  21. Parnamirim
  22. Pedra Grande
  23. Porto do Mangue
  24. Pureza
  25. Rio do Fogo
  26. São Bento do Norte
  27. São Gonçalo do Amarante
  28. São José de Mipibu
  29. São Miguel do Gostoso
  30. Senador Georgino Avelino
  31. Serra do Mel
  32. Tibau
  33. Tibau do Sul
  34. Touros
  35. Vila Flor

Agosto tem previsão de menos chuvas e mais ventos no RN, diz Emparn

Foto: Raiane Miranda

Agosto terá mais dias ensolarados que os meses anteriores e maior ocorrência de ventos no Rio Grande do Norte, segundo as previsões da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado (Emparn) divulgadas nesta segunda-feira (1º).

“Com a chegada do inverno no hemisfério Sul, o centro de alta pressão localizado no centro do Atlântico Sul faz com que os ventos cheguem no Nordeste com mais intensidade, condição que não favorece a formação de nuvens de chuvas. Até meados de outubro o potiguar deverá vivenciar o aumento dos ventos e as temperaturas mais amenas”, explicou o chefe do setor de Meteorologia da estatal, Gilmar Bristot.

De janeiro a julho, o Rio Grande do Norte registrou chuvas acima 39% da média histórica para o período. A expectativa era de aproximadamente 618 milímetros, mas foram registradas chuvas acumuladas de 868 milímetros.

Apesar da expectativa de dias mais ensolarados para o mês, foram registradas chuvas em 65 municípios, no primeiro dia de agosto. A previsão da semana é de ocorrência de pancadas de chuva praticamente todos os dias durante as madrugadas e início das manhãs.

G1 RN

Litoral do Rio Grande do Norte tem 29 cidades sob aviso de chuvas; veja lista

Elisa Elsie

G1 RN – A faixa litorânea da região Leste do Rio Grande do Norte está sob aviso de chuvas. Ao todo são 29 municípios listados no informe divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O aviso alerta para chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de baixa probabilidade de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco. O aviso está em vigor e segue até às 10h deste sábado (30).

O grau de severidade do alerta é de perigo potencial, sendo a legenda de menor risco. Ela é representada pela cor amarela. Há ainda a cor laranja, intermediária que representa perigo, e a cor vermelha, a de maior risco e que representa grande perigo.

O Inmet recomenda que os cidadãos evitem enfrentar mau tempo, observem alteração nas encostas e, se possível, não usem aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante as chuvas. Mais informações podem ser consultadas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja lista de cidades no aviso de chuvas:

  • Arês
  • Baía Formosa
  • Brejinho
  • Canguaretama
  • Ceará-Mirim
  • Espírito Santo
  • Extremoz
  • Goianinha
  • Jundiá
  • Macaíba
  • Maxaranguape
  • Montanhas
  • Monte Alegre
  • Natal
  • Nísia Floresta
  • Nova Cruz
  • Parnamirim
  • Passagem
  • Pedro Velho
  • Pureza
  • Rio do Fogo
  • São Gonçalo do Amarante
  • São José de Mipibu
  • Senador Georgino Avelino
  • Tibau do Sul
  • Touros
  • Várzea
  • Vera Cruz
  • Vila Flor

Fim de semana tem previsão de chuvas em Natal

Foto: Igor Jácome/G1

O fim de semana deve ser marcado por chuvas em Natal e sol com algumas nuvens nas regiões do Seridó, Alto Oeste e Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com o portal Clima Tempo, neste sábado (16) a temperatura deve variar entre 22 °C a 27° C na capital potiguar com precipitações ao longo de todo o dia.

Já no domingo (17), a mínima é de 23 °C e a máxima de 29°C, com chuvas acompanhadas de sol nos períodos da manhã e tarde.

Em Caicó, no Seridó potiguar, a previsão é de sol com algumas nuvens ao longo do sábado, com temperatura podendo variar entre 22 ºC a 32 °C. No domingo, o tempo permanece ensolarado, sem incidência de chuvas e com mínima de 21 C°.

Na cidade de Pau dos Ferros, localizada no Alto Oeste do Rio Grande do Norte, o tempo deve iniciar marcado pelo sol com algumas nuvens e sem previsão de chuvas. No sábado a temperatura pode atingir a máxima de 33 °C e a mínima de 20 °C. No domingo, a temperatura mais elevada deve chegar a 34 °C e a mais baixa se repete.

Já na cidade de Mossoró, na Região Oeste do Estado, estão previstas a incidência do Sol e aumento de nuvens pela manhã de sábado, enquanto pela tarde e madrugada, a previsão é de pancadas de chuva. No domingo, o tempo deve ser caracterizado por sol com algumas nuvens, com temperatura máxima podendo atingir 35 °C e sem ocorrência de chuvas.

Tribuna do Norte

Fim de semana tem previsão de chuvas em Natal

Reprodução

O fim de semana deve ser marcado por chuvas em Natal e sol com algumas nuvens nas regiões do Seridó, Alto Oeste e Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com o portal Clima Tempo, neste sábado (16) a temperatura deve variar entre 22 °C a 27° C  na capital potiguar com precipitações ao longo de todo o dia. Já no domingo (17), a mínima é de 23 °C e a máxima de 29°C, com chuvas acompanhadas de  sol nos períodos da manhã e tarde.

Em Caicó, no Seridó potiguar, a previsão é de sol com algumas nuvens ao longo do sábado, com temperatura podendo variar entre 22 ºC a 32 °C. No domingo, o tempo permanece ensolarado, sem incidência de chuvas e com mínima de 21 C°.

Na cidade de Pau dos Ferros, localizada no Alto Oeste do Rio Grande do Norte, o tempo deve iniciar marcado pelo sol com algumas nuvens e sem previsão de chuvas. No sábado a temperatura pode atingir a máxima de 33 °C e a mínima de 20 °C. No domingo, a temperatura mais elevada deve chegar a 34 °C e a mais baixa se repete.

Já na cidade de Mossoró, na Região Oeste do Estado, estão previstas a incidência do Sol e aumento de nuvens pela manhã de sábado, enquanto pela tarde e madrugada, a previsão é de pancadas de chuva. No domingo, o tempo deve ser caracterizado por sol com algumas nuvens, com temperatura máxima podendo atingir 35 °C e sem ocorrência de chuvas.

Tribuna do Norte

RN: Semana com previsão de dias mais ensolarados e chuvas com baixa intensidade

130 municípios já registram acumulados esperados para o mês inteiro

Depois de uma semana muito chuvosa, seguido de um final de semana mais seco, a tendência é de dias mais ensolarados, com bastante vento e chuvas com baixa intensidade. As análises do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) apontam a ocorrência de chuvas de terça a domingo, concentradas nas madrugadas e início das manhãs, nas regiões Leste e Agreste. “Chuvas mais intensas são esperadas para sábado (16), mas não há tendência de volumes acima do normal como ocorridos nos últimos dias“, explicou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

O meteorologista explica que a condição de vento mudou e que no momento os ventos de sul/sudeste são os que estão atuando na costa potiguar. “Nessa época do ano, os ventos são os causadores das chuvas no litoral e agreste potiguar. Os ventos de sul/sudeste provocam chuvas mas com menos instabilidades, menos intensidade de chuvas no litoral. Os ventos de Leste associado com o aquecimento das temperaturas das águas superficiais do Atlântico provocaram as chuvas contínuas e com intensidade como as vistas recentemente”, disse.

Os primeiros onze dias de julho registra que 130 municípios já atingiram volumes de chuva de normal a acima do normal esperado para o mês inteiro. Nesses primeiros dias a média de volumes acumulados superou 200mm em diversos municípios na região litorânea e agreste do estado. De acordo com o Sistema de Monitoramento, os maiores acumulados ocorreram em Vila Flor, 463,2mm, Baia Formosa, 325,6mm e Natal, 285mm.

Previsão do tempo dia a dia

11/07/22 – segunda-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

12/07/22 – terça-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuva no Litoral.

13/07/22 – quarta-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com pancadas de chuva no Litoral e Agreste.

14/07/22 – quinta-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuva no Litoral.

15/07/22 – sexta-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com pancadas de chuva no Litoral e Agreste.

16/07/22 – sábado – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com pancadas de chuva no Litoral e Agreste.

17/07/22 – domingo – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuva no Litoral.

RN chega a 19 municípios em situação de emergência por causa das chuvas

Canguaretama é um dos 19 municípios em estado de emergência — Foto: Reprodução

Por G1 RN – O Rio Grande do Norte chegou a 19 municípios em situação de emergência por causa das chuvas. De acordo com a Defesa Civil Estadual, os municípios de Jundiá, Boa Saúde e Goianinha se juntaram aos outros 16 que já tinham tido a condição reconhecida na última semana.

O número pode aumentar caso Bom Jesus, no Agreste potiguar, tenha sua situação reconhecida pela administração estadual.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Marcos Carvalho, para ter o estado de emergência reconhecido, o município precisa atestar que teve danos em três pilares: humano, ambiental e material.

Comprovada, a situação é reconhecida e os gestores terão, durante esse estado excepcional, condições especiais para a administração pública. Além disso, os municípios poderão solicitar, à União, recursos federais para o enfrentamento dos desastres.

Na prática, o estado de emergência torna mais rápido compras de bens e produtos, além de agilizar contratações de serviços que são utilizados na solução da problemática, neste caso os efeitos das chuvas.

Coordenador da Defesa Civil Estadual confirmou que o número pode aumentar para 20 caso Bom Jesus tenha seu estado de emergência reconhecido. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Municípios em estado de emergência no RN:

  • Natal
  • Ceará-Mirim
  • São Gonçalo do Amarante
  • Macaíba
  • Parnamirim
  • Nísia Floresta
  • Extremoz
  • Touros
  • Nova Cruz
  • Canguaretama
  • Montanhas
  • Várzea
  • Espírito Santo
  • Pedro Velho
  • Tibau do Sul
  • Ielmo Marinho
  • Jundiá
  • Goianinha
  • Boa Saúde

São Gonçalo: Prefeito Eraldo Paiva cria sala de operações e acompanha medidas emergenciais para estragos das chuvas

Em função das fortes chuvas que voltaram a cair em São Gonçalo do Amarante/RN, assim como em outros municípios da Região Metropolitana de Natal, desde a madrugada desta sexta-feira (8), o prefeito Eraldo Paiva criou uma sala de monitoramento e operações com vários técnicos e equipes de intervenção imediata e está acompanhando de perto o trabalho de atendimento a urgências em todo o município.

Pela manhã, ele esteve no local montado no prédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, para o atendimento dos chamados que estão chegando pelo canal virtual da Defesa Civil, por meio do aplicativo Whatsapp: (84) 9 9621-7300 e também da plataforma disponibilizada pela Prefeitura Municipal para solicitações dos moradores das áreas afetadas. O link de acesso é bit.ly/atendimentosga.

“Estamos monitorando as chuvas que voltaram a cair fortemente na nossa cidade e geram muitas preocupações; e aqui, com nossos técnicos, para ajudar na coordenação desse trabalho importante. Várias equipes estão nas ruas, equipe de tapa-buraco, de máquinas, de empresas que estão corrigindo e consertando vários problemas causados em virtude das grandes chuvas que atingem toda Região Metropolitana”, comentou Eraldo.

Para avaliar os casos mais graves, o prefeito Eraldo e o secretário municipal interino de Infraestrutura, Vagner Araújo, visitaram alguns pontos, conversaram com moradores e direcionaram ações emergenciais. Entre as urgências está a contenção das águas para evitar mais estragos e riscos às residências. Os locais que já sofreram intervenções estruturais ao longo da semana também estão sendo vistoriados para avaliar se as soluções encaminhadas estão resistindo ao temporal.

“Quero agradecer aos nossos técnicos e todos os servidores da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante por essa força-tarefa. Desde o último domingo, que estamos nas ruas, em regime de mutirão, para diminuir as consequências das chuvas. Nossa orientação aos moradores de São Gonçalo é que qualquer problema que esteja sendo causado nos bairros que nos comunique através da Defesa Civil ”, enfatizou.

Decreto de Calamidade Pública
Na última segunda-feira (4), a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante publicou o Decreto Municipal n° 1.549, declarando estado de calamidade pública em relação à infraestrutura urbana e aos prédios públicos do município afetados em consequências das fortes chuvas dos últimos dias. O estado de calamidade é válido pelos próximos 90 dias.

Com o decreto, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos e entes da Administração Pública Municipal, que atuarão coordenados pelo Gabinete do Prefeito. Além disso, com a publicação, a Prefeitura poderá atuar de maneira mais efetiva nas respostas aos desastres ocasionados pelas fortes chuvas, bem como na prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários afetados, levando em conta o prazo máximo de 180 dias consecutivos para a devida conclusão.

Chuva abre nova cratera em rua de Natal

Com chuvas registradas desde a madrugada desta sexta-feira (8), Natal e outras cidades da região metropolitana e da região Leste potiguar enfrentam agravamento dos alagamentos registrados desde o dia 1º de julho. Uma nova cratera se abriu na Rua Mar do Norte, no bairro Pajuçara, na Zona Norte da capital potiguar.

Segundo o inspetor Israel Ferreira, a rua foi completamente interditada por volta das 10h30. As linhas de ônibus que passam pela região foram desviadas por outras ruas próximas.

“A cratera é muito grande e está se aprofundando mais. Houve um rompimento da galeria e a água está cavando por baixo do asfalto”, disse.

Com informações do G1 RN

Chuvas provocam alagamentos em Natal; saiba quais são os pontos críticos nesta sexta

Reprodução

Após as fortes chuvas que iniciaram na madrugada desta sexta-feira (08), novos pontos de alagamento intransitáveis ou parcialmente transitáveis foram registrados em diversos locais da capital potiguar e região metropolitana.

Entre uma das vias atualmente intransitáveis está o cruzamento entre as avenidas Ayrton Senna e Alagoas, que ficou inundada desde o domingo (03), e segue sem previsão de normalização.

Confira todos os pontos:

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Romualdo Galvão, entre a av Nevaldo Rocha e Antônio Basílio, sentido Arena das Dunas.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Interventor Mário Câmara x av Lima e Silva.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Lima e Silva, próx a rua dos Potiguares.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Nevaldo Rocha, em frente a SEMTAS, sentido zona norte.
  • Ponto de alagamento transitável na av Rio Grande do Sul x rua Pelotas, ao lado do DETRAN.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na rua Ceará, entre a av Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte, Cidade da Esperança, ao lado da lagoa de captação.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Amintas Barros, entre av Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Felizardo Moura, após a Compal, sentido urbana.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Paulistana, próximo a lagoa de captação.
  • Ponto de alagamento transitável na avenida Senador Salgado Filho, na altura do Hotel Maine.
  • Ponto de alagamento transitável na av Prudente de Morais x av Nascimento de Castro.
  • Ponto de alagamento parcialmente intransitável na av Solange Nunes, sentido Nova Cidade, próximo ao posto de combustível.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida do Contorno, por trás da FUNCARTE.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Deodoro, embaixo do viaduto do Baldo.
  • Avenida Rio Branco, com ponto de alagamento parcialmente transitável, por trás do Teatro Alberto Maranhão.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Capitão Mor Gouveia x av Adolfo Gordo.

Grande Ponto