Política

Mirando 2024: Professor Jefinho se reúne com o deputado Hermano Morais

O Professor Jefinho se reuniu na manhã desta terça-feira (22) com o deputado estadual Hermano Morais para tratar de assuntos relacionados a São Paulo do Potengi.

Tais como: Educação, Saúde, Recursos Hídricos e claro, 2024.

Jefinho tem aparecido nas rodas de conversar como possível nome para uma disputa em 2024. Vamos aguardar os fatos e acontecimentos.

Zenaide Maia e Natália Bonavides são anunciadas para governo de transição de Lula

A senadora Zenaide Maia e a deputada federal Natália Bonavides foram anunciadas há pouco, durante coletiva de imprensa comandada pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, como integrantes da equipe de transição de Lula nos grupos técnicos.

Zenaide ocupará uma vaga no grupo de Indústria, Comércio e Serviços. Já Natália ficará no time de Cidades.

De acordo com Alckmin, a designação de parlamentares federais para os grupos técnicos ocorreu após a assinatura de portaria para a designação dos deputados e senadores que farão parte da transição.

Por Daniela Freire – Novo Notícias

Eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Riachuelo é anulada

FOTO: VANDERLUCIO VARELA

Na noite desta segunda-feira (21), no Plenário da Câmara Municipal de Riachuelo, houve uma derrubada na eleição para presidente da Casa. Isso aconteceu porque a eleição antecipada da Mesa Diretora, que havia sido realizada em 22 de agosto de 2022, foi anulada na noite de ontem pela maioria dos vereadores da situação através de requerimento do vereador Rêmulo Basílio.

PARA RECORDAR

Neguinho Gabi (PSD) e a ex-vereadora Neide de Cachoeira (PSD), que jantaram na casa do prefeito Joca Basílio (PSB) na noite da eleição, surpreenderam a todos e se juntaram ao grupo de oposição. “A união dos traíras”, como ficou conhecido o fato, e culminou com a vitória de Neguinho para presidente.

REVIRAVOLTA

A conturbada eleição fez o grupo da situação tomar decisões, uma delas foi a volta do vereador Rêmulo Basílio (PSD) à Casa Legislativa. Ele havia se licenciado para assumir o cargo de secretário municipal de Finanças.

Em sua volta, o vereador junto aos outros colegas do grupo da situação, se debruçaram no regimento interno da casa e detectaram vários pontos que não foram observados no processo de eleição. O ponto mais grave identificado pelo vereador Rêmulo Basílio foi a antecipação da eleição sem nenhum projeto de resolução que autorizasse o pleito.

Diante do fato, e com provas concretas, coube ao vereador Rêmulo Basílio solicitar a anulação da pleito.

JULGAMENTO

O requerimento foi analisado pelo presidente da Casa Legislativa, Washington Alves (PSD), que após orientação jurídica, tomou decisão pela anulação da eleição, acatando os fundamentos arguido pelo vereador Rêmulo Basilio (PSD). Na reunião desta segunda-feira (21), o requerimento foi submetido à decisão ao plenário da casa, o qual foi aprovado pela maioria dos presentes. A nova eleição está prevista para acontecer na próxima segunda-feira (28) do mês corrente, dentro do prazo legal e última sessão legislativa de 2022, conforme preceitua o Regimento interno daquela Casa.

DETALHE

Desse vez a situação conta com cinco vereadores, contra quatro da opção. Tudo indica que o prefeito Joca Basílio fará a presidência da casa e ganhará mais uma eleição.

RN NEWS

Bastidores da Política: provavelmente poderemos ter troca de comando na Secretaria de Saúde

Os bastidores da política Potengiense estão a todo vapor, para quem acha que está tudo tranquilo/mil maravilha, engana-se. Não anda muito bem como tem dito meu amigo Josivan Afonso nas suas postagens. Pelo visto o Gabinete de Crise (GC) tem atuado nos últimos dias para tentar apagar o fogo nos bastidores.

Comentasse nos gabinetes, alpendres, corredores, departamentos, nas esquinas e calçadas, que em breve poderá/haverá mudanças em determinadas secretarias, dentre elas, na Secretaria Municipal de Saúde. Já é sondado a volta da ex-secretária Lili, que por sinal, uma profissional competente e que deu um show durante sua gestão na frente da pasta logo no início do governo. Como diz o ditado: “Time que está ganhando, não se mexe”, acabaram mexendo e hoje estamos vendo as consequências da saúde no município. Basta ouvir o clamor da população e verás o que tenho dito.

Até o momento, a própria ex-secretária, não se pronunciou a respeito do fato. Segundo interlocutores, o fato ainda está se concretizando. Conversas e cafezinho, a todo momento.

Pois bem, entre polêmicas e ações, assim vai se construindo a gestão atual. Muitos fatos ficaram registrados nos Anais da política Potengiense.

Vamos aguardar os fatos…

Lula e Alckmin retornam a Brasília; governo eleito articula PEC do Estouro

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o vice, Geraldo Alckmin (PSB), também coordenador da equipe de transição, chegam a Brasília nesta terça-feira (22) para compromissos da agenda de transição. O texto da PEC do Estouro, que tinha apresentação prevista para esta terça-feira de acordo com interlocutores, só deve ser apresentado na quarta-feira (23). A informação foi confirmada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

A proposta é uma forma avaliada pelo governo para retirar o Auxílio Brasil, que deve voltar a se chamar Bolsa Família, do teto de gastos e prevê R$ 200 bilhões extrateto para custear programas sociais. Os senadores Alessandro Vieira (PSDB-SE) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) apresentaram textos alternativos à PEC.

No que se refere aos compromissos, às 10h, a presidente do PT e coordenadora de articulação política na equipe de transição, Gleisi Hoffmann, tem reunião na Câmara dos Deputados com as bancadas do PT, PCdoB e PV. No mesmo horário, o grupo técnico de Comunicação Social se reúne com representantes dos Correios para realizar um diagnóstico da estatal e recolher informações para recomendar a interrupção do processo de privatização.

Alckmin, coordenador do gabinete de transição, concede entrevista às 13h, com a assinatura de designações dos parlamentares e relatores dos grupos técnicos.

Alguns grupos técnicos têm reuniões com ministros, como o GT de Minas e Energia, que se reúne com o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida; o grupo técnico de Desenvolvimento Social e Combate à Fome se reúne com o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento; e o GT de Saúde, que tem encontro marcado com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas.

Processo sobre elegibilidade de Wendel Lagartixa terá julgamento na sexta-feira (25)

Divulgação

O processo que julga a elegibilidade de Wendel Lagartixa terá julgamento na próxima sexta-feira (25). O caso a ser julgado determinará se ele poderá tomar posse do cargo na Assembleia Legislativa. A defesa de Wendel entrou com recurso e ele pretende fazer a sustentação oral de sua defesa, de forma presencial ou por vídeoconferência.

O registro de candidatura de Wendel Lagartixa foi indeferido no final do mês de outubro deste ano após decisão do ministro do TSE Ricardo Lewandowski, por condenações por porte ilegal de arma e munições de uso restrito, o que na época eram considerados crimes hediondos. Wendel Lagartixa obteve mais 80 mil votos para o cargo de deputado estadual no pleito realizado no dia 2 de outubro.

Confira ação na íntegra

Justiça Potiguar

PT quer tropa de militantes com dinheiro do trabalhador, diz Marinho sobre imposto sindical

Foto: JOÉDSON ALVES/EFE

Debates internos do novo governo apontam para uma manobra direcionada a ressuscitar o imposto sindical reformulado em 2017 com a reforma trabalhista. A movimentação atrai críticas, uma delas do senador eleito Rogério Marinho (PL-RN), que foi relator da reforma que acabou com o desconto obrigatório. O parlamentar afirmou que essa é uma articulação do PT para “recriar uma tropa de militantes”.

“A proposta de recriação do imposto sindical demonstra as reais preocupações do PT. O que os move contra a modernização das leis trabalhistas é unicamente a intenção de recriar suas tropas de militantes bancadas com o dinheiro do trabalhador. O Congresso Nacional será vigilante contra retrocessos. O trabalhador deve ter o direito de escolher se quer ou não destinar seu dinheiro aos sindicatos”, defendeu o senador eleito.

A Reforma Trabalhista — lei 13.467/2017 — alterou as disposições referentes ao imposto sindical. Uma das mudanças mais importantes foi o pagamento do imposto sindical, que tornou-se facultativo.

Antes da reforma, feita durante o governo de Michel Temer, a contribuição era compulsória, descontada em folha. A retomada da cobrança da taxa sindical é vista pelo PT como uma maneira de fortalecer os sindicatos e as centrais sindicais.

Ainda na pré-campanha, Lula declarou que não descartava a possibilidade de implantar um mecanismo que permitisse aos sindicatos reconstruir um canal de arrecadação — uma nova taxa pode render até R$ 4 bilhões por ano às entidades.

R7

Coluna do Osvágrio (Vaguinho): “Que Brasil é esse?”

Osvágrio Ferreira

Passados vinte dias dos resultados da eleição para presidente e o país se mantém no palco do teatro eleitoral, os atores se esmeram, cada uma, em cumprir seu papel da melhor forma possível.

Em frente aos quarteis permanecem mobilizados, aos gritos e em marcha, parte dos eleitores vencidos, a cada dia, revigoram suas esperanças em um, improvável, golpe praticado por militares, que acaso estejam também inconformados com os resultados das urnas. Por falar nas urnas, estas, foram alvo de relatórios mal escritos e cheios de ambiguidades, que mais causam duvidas do que esclarece qualquer coisa, da Argentina surgem “auditorias”, sem qualquer padrão científico, que servem apenas para alimentar uma minoria que se mantém disposta a acreditar naquilo que lhe satisfazem.

Nos quarteis, impera o silêncio constitucional que lhes é imposto, neste caso, pela carta magna, que a despeito de suas lacunas é nossa única bussola democrática no momento, e é bom que continuem assim, cumprindo seu papel constitucional, nada pode ser pior que uma ditadura, já vimos esse filme antes. Já os eleitores vencedores mantém o mesmo silencio das vésperas das eleições, não sei se por prudência ou pela mesma vergonha que já dantes demonstrava pelo voto que viria a dar nas urnas.

Deputados e senadores eleitos correm para as camarinhas palacianas para dar início aos conchavos que sempre alimenta a máquina de poder de Brasília, é hora de beijar a as mãos do novo rei, não importa mais as bandeiras envergadas nas ruas e palanques, a hora agora é de lamber as feridas e garantir os recursos para as próximas eleições.

O presidente eleito, Lula, diferentemente das eleições passadas, demonstra uma arrogância digna de alguém que se julga acima de tudo e de todos, manda recados distorcidos ao mercado financeiro e imita seu antecessor, falando apenas para uma pequena bolha de fanáticos, que o aplaudirá dizendo e fazendo ele o que quiser, pelo jeito, iremos continuar ouvindo verborragias decrépitas por mais quatro anos, ufa!

E o presidente Bolsonaro, onde está? Abandonou o barco? O que come? Do que vive? Virou Pauta para o globo repórter.

Moraes dá 48h para prefeito de Natal desbloquear vias ocupadas por manifestantes

PMN

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes deu prazo de 48 horas ao prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB-RN), para que cumpra as ordens de desbloquear as vias da cidade, onde ocorrem  manifestações contra a derrota do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou o prefeito tucano ao STF na quinta-feira (17) por descumprir a recomendação do Supremo encaminhada no dia 10 de novembro.

“A despeito da advertência contida na recomendação sobre a resposta que as autoridades destinatárias deveriam fornecer ao Ministério Público Estadual, até o momento, apenas a autoridade estadual prestou informações a respeito do seu cumprimento“, diz trecho do ofício enviado ao STF. “Com efeito, no dia 15 de novembro de 2022, as manifestações se avolumaram à frente do 16º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército sem que os órgãos municipais de fiscalização tenham garantido a desobstrução das vias.”

O Antagonista

Vereadora Nina: “Uma obra muito importante para o Jardim Brasil é devidamente assinada e em breve iniciará”

Uma reivindicação do mandato da vereadora Nina em parceria com o deputado federal General Girão, em prol da infraestrutura de ruas do conjunto Jardim Brasil, foi assinada na manhã desta sexta-feira (18) na Prefeitura do Natal. A Ordem de Serviço para o início da pavimentação e drenagem de vias do loteamento Jardim Brasil no bairro Pajuçara na zona norte de Natal, foi assinada pelo prefeito Álvaro Dias.

“Desde já agradeço imensamente a população que acreditou em meu trabalho, ao empenho e dedicação que o General Girão teve conosco na destinação de emenda parlamentar, como também agradeço o prefeito Álvaro Dias e toda sua equipe em executar esse pleito, que não é só nosso, mas dos moradores daquele bairro que esperavam a 30 anos”, destacou a vereadora Nina.

Para execução das obras serão empregados mais de R$ 4 milhões. Serão contempladas as seguintes ruas: Rua Francisco Teixeira; Rua Maria Paixão; Travessa Maria Paixão; Rua Efram Verás: Rua Maria Vânia Costa (trecho entre a Rua Francisco Teixeira e Rua José M. Da Silva); Rua Pedro de Oliveira; Rua Paulo Dantas; Rua 20 de Novembro; Rua Francisco Bernardo da Silva e Rua Diego Góis.