Lazer

São João de Natal traz feirinha gastronômica “Comidas de rua e típicas” e projeto “Cultura e Música”

Feirinha contará com mais de 20 operações – e como toda festa junina pede comida típicas

Sao Joao de NatalFoto: Divulgação

Dentro das atividades do São João de Natal, de 22 a 26 de junho, na Arena das Dunas, acontecerá a feirinha gastronômica do projeto “Comidas de rua e típicas”, além de atrações culturais com o projeto “Cultura e Música”.

A feirinha contará com mais de 20 operações – e como toda festa junina pede comida típicas, o “Papo de Calçada” ficará responsável por todas as delícias: milho, canjica, pamonha e muito mais! A feirinha contará ainda com o Caldinho Gourmet, Cozinha da Nega, Pipoca Arretada, Mister Crepe, Pizza Massa, entre outras delícias.

Já o projeto “Cultura e Música” contará com atrações musicais locais, com o Festival “Faz Mais Elino”, em homenagem a Elino Julião, além do concurso de marchinhas juninas, com direção de Rafael Almeida, e ainda, mais uma edição do tradicional “Forraço” e o tradicional Festival de Quadrilhas Juninas.

Os projetos “Comidas de Rua e Típicas” e “Cultura e Música” têm o patrocínio da Prefeitura do Natal e Arena das Dunas, via Lei Djalma Maranhão, e o apoio do vereador Aroldo Alves.

SERVIÇO:
São João de Natal

De 22 a 26 de junho – A partir das 18h

Na Arena das Dunas

PROGRAMAÇÃO:
Dia 22 – 18h às 23h

Abertura do Festival Mais Elino

Leão Neto – Especial Elino Julião

Concurso de Marchinhas Juninas

Rodolfo Amaral

Padre Caio

Dia 23 – 18h às 23h

Nailson

Rodolfo Lopes

Jaína Elne

Dia 24 – 18h às 02h

Bira Santos

Roberto do Acordeon

Yrahn Barreto

Forró na Manha

Dia 25 – 18h às 02h

Zé Hilton

Forraço

Luizinho Nobre

Khrystal

Dia 26 – 18h às 23h

Deusa do Forró

Hugo e Heitor

Circuito Musical

Via Agora RN

Atrações culturais marcam programação da Feira Nordestina

Com entrada franca, FENAFES será realizada no Centro de Convenções de Natal de 15 a 19 de junho

elisa elsie 2Foto: Elisa Elsie

A I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária – FENAFES será realizada no Centro de Convenções de Natal (RN), de 15 a 19 de junho de 2022. A programação é bem diversificada e oferece exposição (venda e degustação) de produtos da agricultura familiar e economia solidária, atividades formativas como seminários, encontros, rodas de conversa, além de shows, apresentações de teatro e poesia. De quarta-feira até sábado (a feira vai até domingo), um total de 26 atrações estão programadas. As apresentaçõs têm início às 16h. A entrada e o estacionamento são gratuitos.

Artistas potiguares e nacionais mostrarão suas obras em dois palcos especialmente montados para o evento. No pavilhão Nísia Floresta funcionará o Coreto e, na área externa (doca), será montado o palco principal. Estão confirmados nomes como a cantora paulista Mariana Aydar, o sanfoneiro sergipano Mestrinho e a cantora pernambucana Lia de Itamaracá.
Entre as atrações locais estarão o compositor e instrumentista Carlos Zens, os grupos Fuxico de Feira e Meirões do Forró, as cantoras Deusa do Forró e Cida Lobo, a companhia teatral Casa de Zoé com o espetáculo “Meu Seridó” e os poetas populares Amâncio Sobrinho e Antônio Francisco.
O evento está sendo realizado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SEDRAF), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER-RN), Fundação José Augusto (FJA). Foram investidos R$ 640 mil na promoção da I FENAFES, com recursos garantidos pelo empréstimo junto ao Banco Mundial, com apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE).

A Secretaria de Estado do Tabalho, da Habitação e Assistência Social (Sethas) e a Agência de Fomento do RN (AGN) também participam da feira. O evento é uma iniciativa da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste, acompanhada pela governadora Fátima Bezerra e coordenada pelo secretário Alexandre Lima (SEDRAF).
Espera-se que a FENAFES conte com a participação de mais de 150 cooperativas e associações, envolvendo mais de 500 expositores com um público visitante total de mais de 10 mil pessoas durante todo o evento.

Inscrições

Os pavilhões de exposição, degustação e venda dos produtos da agricultura familiar e economia solidária estarão abertos ao público das 16h às 22h. A programação formativa – encontros, palestras, seminários e rodas de conversa – começa ainda pela manhã. O acesso é gratuito ao evento em si e para todas as atividades abertas ao público em geral (visto que algumas são restritas para grupos específicos), sendo que é necessário se inscrever para garantir vagas e gerar certificado de participação. O formulário para inscrição está disponível no link https://doity.com.br/fenafes.

Acompanhe o evento em @fenafes_agriculturafamiliar.

Programação Cultural

Local: Centro de Convenções de Natal (RN) – Entrada e estacionamento grátis.
Palco Interno – Coreto
15/06 – Quarta-feira
16h – Jarbas do Acordeon

16/06 – Quinta-feira
16h- Fuxico de Feira
16h40 – Reynaldo Junior
17h20 – Soul Negra

17/06 – Sexta-feira
16h- Tracelim
16h40 – Zé Ribamar
17h –Antônio Francisco
17h30 – Amâncio Sobrinho

18/06 – Sábado
16h- Caroline Melo
16h40 –Sula
17h20 –Geovanna Costa

Palco Externo – Doca
15/06 – Quarta-feira
18h – Lia de Itamaracá – Participação de Carlos Zens
20h – Mestrinho
22h – Cida Lobo

16/06 – Quinta-feira
18h – “Meu Seridó” Cia Casa de Zoé
19h30 – Zé Hilton
21h – Marciel Salú
22h – Mariana Aydar

17/06 – Sexta-feira
18h – Milionários do Forró
20h – Circuito Musical
22h – Forro Meirão

18/06 – Sábado
18h – Deusa do Forró
19h – Isaque Galvão
20h30 – Anastácia
22h- Marcos Lucena
23h – Siba

Via Agora RN

Feira de Livros da Cooperativa reúne editoras, livrarias e sebos na UFRN

Evento acontece entre segunda e sexta-feira no Centro de Convivência da UFRN.

Cooperativa Cultural da UFRN — Foto: DivulgaçãoCooperativa Cultural da UFRN — Foto: Divulgação

A Cooperativa Cultural Universitária do Rio Grande do Norte promove entre segunda-feira (6) sexta-feira (10), das 8h às 18h, a 5° edição da Feira de Livros da Cooperativa. O evento acontece no Centro de Convivência da UFRN.

O tema da edição será “Memória Ancestralidade e Resistência” em homenagem aos 45 anos da Cooperativa, e a feira vai reunir editoras, sebos e livrarias. Também estão programados curtas potiguares, shows musicais, mesas redondas, apresentações culturais e debates. Confira aqui a programação completa.

“Escolhemos essa temática pra festejar nosso aniversário, uma vez que somos a única livraria cooperativa do país que segue aberta e a mais antiga em atividade de Natal. Outra questão que achamos importante abordar é o resgate memorialístico da nossa ancestralidade, no intuito de manter a identidade cultural e essência do nosso povo, principalmente nos dias de hoje” explica José Correia Torres Neto, presidente da Cooperativa.

Também vão acontecer lançamentos de livros com sessões de autógrafos. Entre os 20 expositores estão: Sebo Cata Livros, Sebo Vermelho, Seburubu, Sebo Gajeiro Curió, Sebo Magno, Sebo Lisboa, Casa do Cordel, Editora Escribas, Editora CJA, Editora da UFRN, Editora da IFRN, Espaço Colaborativo Milena Azevedo, Livraria Mundo e Coletivo Mulherio das Letras.

A curadoria da programação foi pensada em consonância com o tema da Feira. Sobre Memória, por exemplo, será lançado é o livro “Ribeira: beco, praça, travessas, ruas e avenidas históricas”, de Cícero Oliveira, José Clewton do Nascimento e José Correia Torres Neto. Nessa obra colaborativa, os autores fazem passeio histórico, fotográfico e arquitetônico, conduzindo o leitor a refletir sobre as condições atuais do boêmio bairro, além de relatarem histórias pessoais e marcantes do passado.

Outro destaque é o lançamento do livro “Religare – Os Caminhos da Fé”, da jornalista e psicanalista Sheyla de Azevedo, que traz uma série de reportagens com adeptos de religiões não hegemônicas, aqui no estado, com objetivo dar visibilidade a práticas religiosas que não têm os mesmos espaços na mídia. Além desse, uma manhã de autógrafos com as autoras que homenageiam o centenário de Edgar Morin. O livro “Epistemologia da Complexidade: Em Torno das Ideias de Edgar Morin” foi escrito por Conceição Almeida e “A Cidade de Natal no Centenário de Edgar Morin”, de autoria de Josineide Silveira e Eugênia Dantas.

A nível nacional e por meio de videoconferência, a programação conta com o Jornalista Zeca Camargo que conversa sobre a elaboração da biografia oficial de Elza Soares e com o jornalista Júlio Maria, autor da biografia de Ney Mato Grosso. A abertura oficial da V Feira acontecerá, no dia 06, às 10h30, com a apresentação da Orquestra Potiguar de Clarinetas. As atrações culturais incluem ainda um cortejo do Grupo Zambêracatu e show da cantora Khrystal, no último dia de evento.

Via g1 RN

Big Band Jerimum Jazz é atração do Som da Mata deste domingo (5), em Natal

Parque das Dunas recebe apresentação gratuita a partir das 16h30. Mais cedo, às 10h, Bosque Encena traz espetáculo ‘Reciclores’.

Big Band Jerimum Jazz é atração do Som da Mata deste domingo (5), em Natal — Foto: Tiago LimaBig Band Jerimum Jazz é atração do Som da Mata deste domingo (5), em Natal — Foto: Tiago Lima

O projeto Som da Mata deste domingo (5) recebe a Big Band Jerimum Jazz. A apresentação começa às 16h30, no no Anfiteatro Pau-Brasil, no Parque das Dunas, em Natal.

O show é gratuito e o acesso ao parque custa R$ 1.

O grupo apresenta ao público importantes personagens da história da música popular e músicas que se tornaram conhecidas através do som das big bands. Também interpreta compositores e arranjadores brasileiros que por meio de seus trabalhos contribuem de forma efetiva para a consolidação do repertório da Jerimum Jazz.

Bosque Encena
Na semana do Meio Ambiente, o Bosque Encena deste domingo traz o espetáculo “Reciclores”, do grupo Teart de Teatro, a partir das 10h. A peça traz interatividade entre personagens e a plateia, e tem como objetivo despertar a consciência ambiental, enfatizando as cores da reciclagem e estimulando a coleta seletiva do lixo. A apresentação começa às 10h.

As personagens são a Plasteca, uma boneca de plástico, o Papelito, o boneco de papel, o Metalata, de metal, e o Vitrolino, de vidro, que falam sobre sua matéria prima, seu processo de reciclagem e a cor da sua lixeira.

O acesso ao Parque das Dunas exige apresentação do comprovante vacinal.

Via g1 RN

Navio-Patrulha atracado em Natal abre para visitação neste domingo (5)

Público pode ter acesso das 9h às 16h, no Porto de Natal. Entrada é gratuita.

Navio-Patrulha Goiana abre para visitação neste domingo (5) em Natal — Foto: DivulgaçãoNavio-Patrulha Goiana abre para visitação neste domingo (5) em Natal — Foto: Divulgação

O Navio-Patrulha “Goiana”, da Marinha do Brasil (MB), abre para visitação pública neste domingo (5), das 9h às 16h, no Porto de Natal, localizado no bairro da Ribeira. O acesso é gratuito.

O evento faz parte das atividades alusivas às comemorações do bicentenário da Independência do Brasil.

De acordo com a Marinha, trata-se de um navio subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, organização militar sediada em Natal, e sua área de atuação compreende os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, englobando também os arquipélagos de Fernando de Noronha e São Pedro e São Paulo, assim como a Reserva Biológica de Atol das Rocas.

Sobre o navio
As principais atividades realizadas pelo navio-patrulha são a inspeção naval, o controle de área marítima e a ação de presença, visando fiscalizar os recursos marinhos, as plataformas de petróleo e as atividades de pesquisa no mar territorial, na zona contígua e na zona econômica exclusiva. Também contribui no apoio a ações de mergulho e a ajuda humanitária em situações de calamidade pública.

Este é o terceiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao rio e a cidade homônimas no estado de Pernambuco. Foi construído seguindo o projeto do estaleiro Vosper-QAF Ltd, de Singapura, sendo lançado ao mar em 26 de janeiro de 1994 e incorporado em 26 de fevereiro de 1997.

Via g1 RN

Confira a programação do São João de Natal; Nara Costa, Khrystal e Circuito Musical estão entre atrações

Polos da Árvore de Mirassol e Arena das Dunas terão shows entre os dias 17 e 26 de junho. Abertura oficial contou com apresentação de Lia de Itamaracá, na sexta-feira (3).

Khrystal é atração do São João de Natal, no dia 25 de junho, na Arena das Dunas — Foto: DivulgaçãoKhrystal é atração do São João de Natal, no dia 25 de junho, na Arena das Dunas — Foto: Divulgação

O São João de Natal foi aberto oficialmente na noite de sexta-feira (3), com a apresentação de uma das maiores lendas da cultura nordestina, Lia de Itamaracá, no Espaço Cultural Ruy Pereira, na Cidade Alta. Hilton do Acordeon e Carlinhos Zens também se apresentaram.

Outros dois polos terão arraiás promovidos pela prefeitura: Árvore de Mirassol, de 17 a 21 de junho, com artesanato, shows musicais e apresentações circenses para a criançada; e a área externa da Arena das Dunas, de 22 a 26 de junho.

Confira abaixo a programação:

Árvore de Mirassol

  • 17 de junho – sexta-feira – 19h: Gilson Cavalcante e Selminha
  • 18 de junho – sábado – 17h30: João da Banda e Arte Circense com o espetáculo do palhaço Maçaroca e o Mágico Ryan; Kanelinha e Panka de Bakana.
  • 19 de junho – domingo – 17h: João da Banda e Arte Circense e shows de Nailson e Trancelim
  • 20 de junho – segunda-feira – 19h: Nara Costa
  • 21 de junho – terça-feira – 19h: Jakcson Balai de Gato

Arena das Dunas

  • 22 de junho – quarta-feira: Festival Gastronômico Junino e o Festival “Faz Mais Elino”, com shows de Leão Neto (19h), Concurso de Marchinhas (20h), Rodolfo Amaral (21h) e Forró NaManha (22h)
  • 23 de junho – quinta-feira: Nailson (18h), Rodolfo Lopes (19h30), e Jaina Elne (21h30)
  • 24 de junho – sexta-feira: Bira Santos (18h), Roberto do Acordeon (20h), Yrahn Barreto (22h) e Padre Caio
  • 25 de junho – sábado: Zé Hilton (18h), Luizinho Nobre (22h) e Khrystal
  • 26 de junho – domingo: Deus Nordestina do Forró (18h), Hugo & Heitor (20h) e Circuito Musical

Via g1 RN

Grupo ‘Nem Choro Nem Vela’ se apresenta no projeto Som da Mata deste domingo (29), em Natal

Parque das Dunas, em Natal, recebe apresentação gratuita a partir das 16h30.

Grupo 'Nem Choro Nem Vela' se apresenta no projeto Som da Mata deste domingo (29) — Foto: Tiago LimaGrupo ‘Nem Choro Nem Vela’ se apresenta no projeto Som da Mata deste domingo (29) — Foto: Tiago Lima

O show é gratuito e o acesso ao parque custa R$ 1.

O grupo foi formado em 2009 por Raphael Almeida (cavaquinho e bandolim), Paulo Pereira (cavaquinho) e Bruno Pessoa (pandeiro), sendo acompanhados dos músicos Aluízio Pisão (surdo) e Fernando Botelho (violão 7 cordas). O repertório tem valsa, baião, samba e muito choro.

Bosque Encena
No mesmo dia, mais cedo, às 10h, o Bosque Encena recebe o espetáculo “Estação dos Contos”, do grupo potiguar Estação de Teatro. As histórias de tradição popular “Brinquinhos de Ouro”, “O céu de Estrelas” e “O caso do Bolinho” são intercaladas com músicas originais e do cancioneiro infantil.
Com a participação das atrizes Ananda Krishna, Nara Kelly e Manu Azevedo, as brincadeiras populares como “Boca de Forno”, “Se Eu Digo Sim, Você Diz Não”, “Bambu” e “Adivinhas” garantem a diversão da criançada.

O acesso ao Parque das Dunas exige apresentação do comprovante vacinal.

Via g1 RN

Parque das Dunas recebe atividades de lazer, saúde e bem-estar neste sábado (28)

Projeto ‘Saúde no Parque’ tem acesso gratuito, com programação das 14h às 16h30.

Parque das Dunas recebe atividades gratuitas de lazer, saúde e bem-estar neste sábado (28) — Foto: Divulgação

Parque das Dunas recebe atividades gratuitas de lazer, saúde e bem-estar neste sábado (28) — Foto: Divulgação

A primeira edição de 2022 do projeto “Saúde no Parque” será realizada neste sábado (28), das 14h às 16h30, no Parque das Dunas, em Natal. O evento é gratuito e conta com atividades de lazer, saúde e bem-estar para todas as idades.

Reflexologia (massagem das mãos e dos pés), orientações sobre hemograma, avaliação fonoaudiológica, aferição de sinais vitais e recreação infantil são algumas das atividades oferecidas.

O projeto “Saúde no Parque”, promovido por professores e estudantes dos cursos de Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia e Biomedicina da Universidade Potiguar (UnP), ressalta a importância do autocuidado e resgate da autoestima a partir de serviços de saúde considerados essenciais, evitando o adoecimento da população.

Via g1 RN